Como o UGC Está Transformando Marcas e Aproximando Corações

Explorando Caminhos Lucrativos: Como Produtoras de Conteúdo Monetizam UGC para Marcas

-

Explorando Caminhos Lucrativos: Como Produtoras de Conteúdo Monetizam UGC para Marcas

Hoje vamos embarcar em uma viagem pelo universo do Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC), uma estratégia encantadora que tem o poder de transformar marcas e criar conexões genuínas. Imagine um mundo onde sua voz, sim, a sua voz, tem o poder de influenciar, inspirar e moldar a identidade de suas marcas favoritas. Esse mundo já existe através do UGC!

O Que é UGC?
O Conteúdo Gerado pelo Usuário é como um abraço caloroso da sua comunidade online. São fotos, vídeos, comentários e avaliações, todos criados por vocês, maravilhosas criativas e consumidoras, compartilhando suas experiências autênticas com o mundo. É a prova social que todos procuramos antes de nos apaixonarmos por um novo produto ou marca.

Por Que Nos Encantamos com o UGC?

  • Autenticidade que Conecta: O UGC nos permite ver através dos olhos de outras pessoas, oferecendo uma perspectiva sincera e confiável.
  • Fonte Inesgotável de Inspiração: Cada peça de conteúdo é uma história única, pronta para ser compartilhada e celebrada.
  • Uma Conversa, Não um Monólogo: Marcas e consumidores dialogam em igualdade, construindo relações baseadas em confiança e admiração mútua.

Exemplos:

  • CaringBridge: Usou o Facebook para coletar experiências e aumentou seu tráfego orgânico em 228%.
  • Peter Thomas Roth: Um vídeo no TikTok transformou completamente a percepção e as vendas de um de seus produtos.

Verdades sobre UGC:

  • UGC é a voz genuína de quem usa e ama.
  • Ele constrói confiança e desmistifica a jornada de compra.
  • O conteúdo gratuito que eleva e valoriza.
  • Uma estratégia de baixo custo com resultados surpreendentes.
  • Aumenta o alcance orgânico de maneira autêntica e significativa.

Como Nutrir e Cultivar o UGC:

  • Celebre Cada Contribuição: Cada foto compartilhada, cada avaliação, é um pedacinho do coração de alguém. Celebre-as!
  • Incentive a Criatividade: Ofereça pequenos incentivos, promova concursos e crie hashtags que encorajem a participação.
  • Ouça e Aprenda: Cada pedaço de UGC é um feedback valioso, uma oportunidade de crescer e se adaptar.

Produtoras de conteúdo que criam UGC (Conteúdo Gerado pelo Usuário) para marcas sem aparecer nos vídeos estão explorando uma tendência crescente no marketing digital. Essa abordagem permite que marcas utilizem conteúdo autêntico e atraente, mantendo o foco no produto ou serviço oferecido, ao invés da personalidade do criador. Aqui estão algumas maneiras pelas quais essas produtoras estão monetizando suas habilidades criativas:

1. Produção de Conteúdo Sob Demanda

  • Serviços Freelance: Muitas produtoras de conteúdo oferecem seus serviços em plataformas freelance como Upwork, Fiverr ou Freelancer, onde marcas procuram criadores específicos para gerar UGC para campanhas, redes sociais ou websites.
  • Contratos Diretos com Marcas: Algumas conseguem estabelecer relações diretas com empresas que preferem um ponto de contato constante para suas necessidades de conteúdo.

2. Agências de Marketing de Conteúdo

  • Parcerias: Produtoras de conteúdo podem se associar a agências especializadas em marketing digital e de conteúdo, que regularmente buscam criadores talentosos para produzir UGC para seus clientes.
  • Emprego Fixo: Além de trabalhos freelance, algumas produtoras optam por se juntar a equipes de agências como parte do staff criativo.

3. Plataformas de UGC

  • Participação em Plataformas Específicas: Existem plataformas dedicadas a conectar marcas com criadores de UGC, como a Tongal ou a Cohley, que facilitam a produção de conteúdo sob demanda para campanhas específicas.

4. Venda de Conteúdo Pré-Produzido

  • Bancos de Imagens e Vídeos: Criadores podem produzir conteúdo não específico para marcas e vendê-los em bancos de imagens e vídeos como Shutterstock ou Getty Images, onde empresas procuram conteúdo genérico de alta qualidade.

5. Criação de Conteúdo para E-commerce

  • Fotos e Vídeos de Produtos: Produtoras de conteúdo especializadas em fotografia e videografia de produtos podem oferecer seus serviços diretamente a e-commerces ou plataformas de venda online, que precisam constantemente de imagens e vídeos atraentes para exibir seus produtos.

6. Campanhas de Email Marketing e Publicidade Online

  • Conteúdo para Anúncios: A criação de vídeos curtos e impactantes para anúncios no Facebook, Instagram, Google Ads ou para serem incluídos em campanhas de email marketing é outra área lucrativa.

Estratégias para o Sucesso

  • Portfólio Online: Manter um portfólio atualizado com exemplos de trabalhos anteriores é crucial para atrair novos clientes.
  • Especialização: Algumas produtoras optam por se especializar em nichos específicos, como moda, beleza, gastronomia, etc., aumentando seu valor para marcas desses segmentos.
  • Networking: Participar de eventos da indústria, webinars e grupos online pode ajudar a estabelecer conexões valiosas com potenciais clientes.

Como influencers e produtoras de conteúdos podem ganhar dinheiro com o UGC?

Influencers e produtoras de conteúdo têm um terreno fértil para explorar quando se trata de monetizar o Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC). A chave para seu sucesso financeiro reside na autenticidade e na capacidade de gerar engajamento genuíno. Vamos mergulhar em algumas estratégias carinhosas e eficazes que podem ajudá-las a transformar sua paixão em lucro:

1. Parcerias com Marcas

  • Colaborações Pagas: Estabelecer parcerias com marcas que ressoam com seus valores e estética pode levar a campanhas de UGC pagas. Seja através de posts patrocinados, stories ou vídeos, essas colaborações são uma forma direta de monetização.
  • Códigos de Desconto e Afiliados: Ao compartilhar códigos de desconto ou links afiliados, influencers podem ganhar uma comissão sobre as vendas geradas, incentivando o uso de produtos específicos em seu conteúdo.

2. Venda de Produtos ou Mercadorias Próprias

  • Lançamento de Produtos: Criar e vender seus próprios produtos, seja uma linha de roupas, acessórios, ou até mesmo cursos online, pode ser uma extensão natural do seu conteúdo.
  • Plataformas de Merchandising: Utilizar plataformas como Teespring ou Shopify para criar e vender mercadorias personalizadas, desde camisetas até canecas e sacolas.

3. Plataformas de Conteúdo Premium

  • Patreon ou Ko-fi: Oferecer conteúdo exclusivo, acesso antecipado, ou experiências personalizadas para seguidores que se tornam patronos ou doadores.
  • OnlyFans: Dependendo do nicho, algumas influencers optam por compartilhar conteúdo mais exclusivo ou personalizado através de assinaturas mensais.

4. Publicidade Direta

  • Anúncios em Vídeos: Plataformas como YouTube permitem que criadores de conteúdo ganhem dinheiro através de anúncios exibidos em seus vídeos.
  • Postagens Patrocinadas: Diretamente negociadas com marcas para destacar produtos ou serviços específicos em seu conteúdo.

5. Licenciamento e Sindicância de Conteúdo

  • Venda de Fotos e Vídeos: Plataformas como Getty Images ou Shutterstock permitem que criadores vendam licenças de suas fotos e vídeos.
  • Sindicância para Mídia: Conteúdo de alta qualidade pode ser sindicado para uso por mídia ou outras plataformas, gerando renda passiva.

6. Crowdfunding e Apoio Direto

  • Campanhas de Crowdfunding: Para projetos específicos ou lançamentos de produtos, plataformas como Kickstarter e Indiegogo podem ser utilizadas para arrecadar fundos diretamente de seguidores.
  • Doações Diretas: Solicitar apoio financeiro diretamente aos seguidores através de plataformas como PayPal ou Vemno para projetos específicos ou manutenção do canal.

7. Cursos Online e Workshops

  • Educação e Tutoriais: Compartilhar conhecimento especializado através da criação e venda de cursos online ou realização de workshops virtuais.

Como empresas podem encontrar UGCS para suas ações?

Empresas podem encontrar e aproveitar o Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC) para suas ações de marketing de várias maneiras estratégicas e eficazes. Aqui estão algumas dicas sobre como identificar e utilizar UGC para enriquecer suas campanhas e construir uma relação mais autêntica com seu público.

1. Monitoramento de Redes Sociais

  • Hashtags Específicas: Crie e promova hashtags exclusivas para sua marca ou campanhas específicas. Isso não apenas incentiva a criação de UGC, mas também facilita a sua busca.
  • Ferramentas de Monitoramento: Utilize ferramentas como Hootsuite, Sprout Social ou Brand24 para monitorar menções à sua marca, produtos ou hashtags relacionadas. Essas ferramentas podem ajudar a identificar conteúdo relevante gerado pelos usuários em diversas plataformas.

2. Concursos e Campanhas de Engajamento

  • Promova Concursos: Encoraje seus seguidores a criar e compartilhar conteúdo seguindo um tema específico, com a promessa de prêmios para os melhores. Isso pode gerar um volume significativo de UGC.
  • Campanhas de Engajamento: Campanhas que pedem aos usuários para compartilhar suas histórias ou experiências com a marca também são eficazes. Isso pode incluir pedir opiniões, fotos de produtos em uso ou histórias de sucesso.

3. Parcerias com Influenciadores

  • Influenciadores e Criadores de Conteúdo: Colabore com influenciadores que alinhem com sua marca para criar UGC. Eles podem inspirar sua própria base de seguidores a gerar e compartilhar conteúdo semelhante.
  • Programas de Embaixadores: Crie um programa de embaixadores da marca com seus clientes mais leais e entusiastas para gerar UGC regularmente.

4. Plataformas de Avaliação e Review

  • Incentive Avaliações: Solicite ativamente por avaliações e feedbacks sobre seus produtos ou serviços em seu site, além de plataformas externas como Google My Business, Yelp, e TripAdvisor.
  • Destaque Avaliações Positivas: Compartilhe avaliações e testemunhos positivos em seus canais de marketing, incentivando outros clientes a fazer o mesmo.

5. Interação Direta com o Público

  • Engajamento nas Redes Sociais: Responda ativamente aos comentários, posts e menções sobre sua marca. Mostrar que você valoriza o feedback dos usuários pode incentivar ainda mais a criação de UGC.
  • Pesquisas e Feedbacks: Use ferramentas de pesquisa para coletar opiniões dos consumidores sobre seus produtos ou serviços e incentive-os a compartilhar suas experiências nas redes sociais.

6. Uso de Widgets e Plugins em Websites

  • Galerias de UGC: Implemente widgets ou plugins em seu site que permitam a incorporação de UGC diretamente das redes sociais, criando uma galeria dinâmica de conteúdo gerado por usuários.

7. Análise de Dados e Feedback

  • Análise de Comportamento: Utilize análises de dados para entender que tipo de UGC seus clientes estão mais propensos a criar e interagir. Isso pode ajudar a ajustar suas estratégias de incentivo.

O Conteúdo Gerado pelo Usuário é um convite para que marcas e consumidoras dancem juntas em harmonia, celebrando histórias, experiências e conexões reais. Ele nos lembra que, no coração de cada transação, existe uma troca humana, uma oportunidade de tocar e ser tocado, de influenciar e ser influenciado. Ao abraçarmos o UGC, nós não apenas damos voz às nossas experiências únicas, mas também tecemos juntas o tecido vibrante da comunidade e da marca. Vamos continuar a compartilhar, a amar, e a transformar juntas. Porque, afinal, é isso que faz toda a viagem valer a pena.

Este segmento adicional aprofunda ainda mais a discussão sobre o conteúdo gerado pelo usuário (UGC), destacando sua origem, a importância estratégica no marketing digital, especialmente em SEO, e os benefícios tangíveis que pode trazer para os negócios. O UGC, sendo conteúdo criado por usuários em vez da marca, oferece uma perspectiva autêntica e confiável para potenciais clientes, influenciando significativamente a percepção da marca e a decisão de compra.

Benefícios do UGC para SEO e Negócios:

  • Conteúdo valioso para SEO: O UGC reduz a necessidade de produção interna de conteúdo e aumenta a credibilidade do site aos olhos dos usuários e dos motores de busca, potencialmente melhorando o ranking no SEO.
  • Coleta de dados: Fornece insights valiosos sobre as expectativas dos consumidores, preferências e experiências com a marca ou produto.
  • Fonte para novos materiais: Inspirando novos conteúdos que ressoam com o público-alvo, como visto no caso do CaringBridge, que usou feedback do Facebook para gerar conteúdo relevante e aumentar o tráfego orgânico.
  • Confiança do cliente: Avaliações e testemunhos de usuários são mais confiáveis do que mensagens de marketing diretas da marca, ajudando a construir confiança.
  • Desejo de marca: UGC pode gerar FOMO, incentivando outros consumidores a quererem fazer parte da comunidade da marca.
  • Conteúdo gratuito: Na maioria das vezes, o UGC não requer investimento financeiro direto pela marca.
  • Engajamento com a persona: Colocar o usuário no centro das ações de marketing aumenta o engajamento e a lealdade.
  • Investimento de baixo custo: A produção de UGC depende da interação do usuário, não de investimentos diretos da marca.
  • Altos resultados e maior alcance nas redes sociais: Conteúdos gerados por usuários podem alcançar grandes resultados e expandir organicamente o alcance da marca nas redes sociais.

Utilização do UGC:

O UGC pode ser eficazmente utilizado em várias plataformas e contextos, incluindo:

  • Avaliações em sites e e-commerces: Fundamental para a prova social e a decisão de compra dos consumidores.
  • Eventos especiais: Podem gerar discussões e compartilhamentos que aumentam a visibilidade da marca.
  • Conteúdo em vídeo: Vídeos gerados por usuários podem oferecer uma perspectiva autêntica e convincente sobre produtos ou serviços.
  • Avaliações nas redes sociais: Compartilhar avaliações positivas nas redes sociais pode aumentar a confiança e incentivar mais usuários a interagir.

Indicando UGC ao Google:

Para otimizar o UGC para SEO, o Google recomenda o uso do atributo rel="ugc" em links externos provenientes de conteúdos gerados por usuários, como uma medida para diferenciar conteúdo autêntico de potencial spam. Isso ajuda a manter a integridade do site e a valorizar contribuições de qualidade dos usuários.

Conclusão:

O UGC transcende o marketing de SEO, afetando todos os aspectos do marketing digital e do desenvolvimento de produtos. Ele oferece uma maneira autêntica de engajar consumidores, melhorar a visibilidade da marca e coletar insights valiosos. As empresas que efetivamente incorporam o UGC em suas estratégias podem esperar fortalecer a confiança dos clientes, ampliar seu alcance e impulsionar o engajamento de maneira significativa.

BÔNUS para produtoras que desejam começar:

Criar ganchos eficazes nos vídeos de UGC (Conteúdo Gerado pelo Usuário) pode ser a chave para transformar visualizações em vendas para marcas. Aqui estão 60 ganchos criativos que você pode utilizar para capturar a atenção do seu público e incentivar a ação de compra:

  1. “Você sabia que este produto pode resolver [problema específico] em apenas [tempo]?”
  2. “Descubra o segredo por trás da última tendência de [categoria de produto].”
  3. “Aqui está um truque com [produto] que você desejará ter conhecido antes!”
  4. “Estou obcecado(a) por este [produto] e aqui está o porquê…”
  5. “Como este [produto] mudou minha rotina de [atividade] para melhor.”
  6. “Antes e depois: a diferença que este [produto] fez.”
  7. “Você não vai acreditar no poder deste [produto] até ver isto!”
  8. “O [produto] que todo mundo está falando – vale a pena?”
  9. “Minha experiência honesta usando [produto] por uma semana.”
  10. “O [produto] que resolveu um problema que eu nem sabia que tinha!”
  11. “A solução definitiva para [problema] está aqui, e é incrível!”
  12. “Por que este [produto] é meu favorito de todos os tempos.”
  13. “O maior erro que você está cometendo com [categoria de produto] e como corrigi-lo.”
  14. “Como este [produto] me ajudou a [benefício específico].”
  15. “O guia definitivo para dominar [uso do produto].”
  16. “Evite esses equívocos comuns ao escolher um [produto].”
  17. “5 motivos pelos quais você precisa adicionar este [produto] à sua vida agora!”
  18. “O que ninguém te conta sobre [produto].”
  19. “Este [produto] superou minhas expectativas – aqui está como.”
  20. “Comparando [produto] com outros no mercado – quem ganha?”
  21. “Transforme sua [atividade] com apenas este [produto].”
  22. “Minha jornada em busca do [produto] perfeito termina aqui!”
  23. “Você está usando [produto] errado. Deixe-me mostrar o caminho certo.”
  24. “Economize tempo e dinheiro com este incrível [produto].”
  25. “Como este [produto] pode elevar sua [atividade ou rotina]?”
  26. “O hack de [categoria de produto] que é um divisor de águas.”
  27. “A verdade sobre [produto]: vale o investimento?”
  28. “Diga adeus a [problema comum] com este simples [produto].”
  29. “A única coisa que você precisa para melhorar sua [atividade] é isto.”
  30. “Desmascarando mitos sobre [produto]: o que realmente funciona.”
  31. “O [produto] que especialistas em [campo] recomendam.”
  32. “Como este [produto] pode ajudá-lo a alcançar [objetivo específico].”
  33. “Antes de comprar [produto], considere isto.”
  34. “Pare de lutar com [problema]: este [produto] é a solução.”
  35. “A melhor maneira de usar [produto] para [benefício].”
  36. “Não compre [produto] até ver este vídeo!”
  37. “O segredo para [benefício] está neste [produto].”
  38. “Veja como este [produto] se destaca da concorrência.”
  39. “Dicas profissionais para tirar o máximo proveito do seu [produto].”
  40. “Por que este [produto] é um must-have para [estação do ano ou evento].”
  41. “Como este [produto] salvou meu dia.”
  42. “Revelado: o [produto] por trás de [resultado impressionante].”
  43. “Fazendo a mudança para [produto]: minha experiência.”
  44. “Este é o [produto] que você estava esperando.”
  45. “Maximize sua [atividade] com este único [produto].”
  46. “Fiquei chocado(a) com o resultado depois de usar [produto]!”
  47. “Por que eu troquei [produto antigo] por este novo [produto].”
  48. “Como [produto] se encaixa perfeitamente no meu estilo de vida.”
  49. “A maneira certa de escolher e usar [produto] para [objetivo].”
  50. “O [produto] que promete [benefício], cumpre?”
  51. “Quebrando barreiras com [produto]: minha história.”
  52. “Este [produto] ultrapassa todos os outros – descubra por que.”
  53. “Como este [produto] mudou minha visão sobre [categoria].”
  54. “O [produto] que todo [grupo específico] precisa conhecer.”
  55. “Descomplicando [produto]: tudo o que você precisa saber.”
  56. “Não apenas outro [produto]: um verdadeiro game-changer.”
  57. “Como [produto] se tornou meu aliado inseparável.”
  58. “Superando expectativas: minha avaliação sincera de [produto].”
  59. “Uma nova era para [categoria]: a revolução do [produto].”
  60. “Testado e aprovado: por que [produto] ganha minha recomendação total.”

Esses ganchos são projetados para engajar visualmente e emocionalmente o público, conduzindo a uma maior curiosidade e potencializando as vendas. A chave é adaptar cada gancho à sua voz única e à mensagem da marca para a qual você está criando o conteúdo.

Como construir um contrato de UGC:

Construir um contrato de UGC (Conteúdo Gerado pelo Usuário) é essencial para garantir que tanto a marca quanto o criador de conteúdo estejam protegidos e tenham suas expectativas alinhadas. Um contrato bem elaborado detalha os termos da colaboração, incluindo direitos autorais, uso de conteúdo, compensação e muito mais. Aqui estão os passos e elementos chave para construir um contrato eficaz de UGC:

1. Identificação das Partes

Comece identificando claramente as partes envolvidas: a marca (ou empresa) e o criador de conteúdo (ou usuário). Inclua informações de contato completas para ambas as partes.

2. Descrição do Projeto

Forneça uma descrição detalhada do projeto, incluindo o tipo de conteúdo a ser criado (vídeos, fotos, textos, etc.), o tema ou mensagem desejada, e onde o conteúdo será utilizado (redes sociais, websites, publicidade, etc.).

3. Direitos de Uso de Conteúdo

Especifique claramente como o conteúdo pode ser usado pela marca. Isso inclui onde o conteúdo pode ser publicado, se a marca pode editar ou alterar o conteúdo, e a duração do uso (tempo limitado, perpetuidade, etc.).

4. Propriedade do Conteúdo e Direitos Autorais

Defina quem detém os direitos autorais do conteúdo. Em muitos casos, o criador mantém os direitos autorais, mas concede à marca uma licença para usar o conteúdo. Detalhe o tipo de licença concedida (exclusiva, não exclusiva, etc.).

5. Compensação

Descreva a compensação para o criador de conteúdo. Isso pode incluir pagamento monetário, produtos gratuitos, descontos, exposição na mídia da marca, ou uma combinação desses.

6. Cronograma e Entrega

Inclua um cronograma detalhado para a criação e entrega do conteúdo. Certifique-se de definir prazos claros para a revisão e aprovação do conteúdo pela marca.

7. Requisitos de Marca e Diretrizes

Forneça quaisquer diretrizes de marca que o criador de conteúdo deve seguir, incluindo tom de voz, estilo visual, menções de marca obrigatórias, hashtags específicas ou mensagens-chave.

8. Revisão e Aprovação

Especifique o processo de revisão e aprovação do conteúdo pela marca. Inclua quantas rodadas de revisões estão incluídas e o que acontece se o conteúdo não atender às expectativas após revisões.

9. Indenização e Limitações de Responsabilidade

Inclua cláusulas que protejam ambas as partes de responsabilidades legais, especificando as responsabilidades de cada parte em relação ao conteúdo criado.

10. Confidencialidade

Se necessário, inclua uma cláusula de confidencialidade para proteger informações sensíveis ou proprietárias compartilhadas durante a colaboração.

11. Rescisão

Defina termos sob os quais o contrato pode ser rescindido por qualquer uma das partes e o que acontece com o conteúdo já criado ou em processo de criação.

12. Disposições Gerais

Inclua quaisquer outras disposições legais necessárias, como a lei regente e a solução de disputas.

13. Assinaturas

Termine o contrato com espaços para as assinaturas de ambas as partes, datadas, para oficializar o acordo.

Dica Importante:

Considere a consulta com um advogado especializado em direitos autorais e contratos de mídia para garantir que o contrato de UGC proteja adequadamente seus interesses e esteja em conformidade com a legislação local e internacional relevante.

Um exemplo de contrato fictício:

Contrato de Conteúdo Gerado pelo Usuário (UGC)

Este contrato é firmado entre (1) a empresa Bella Cosméticos Ltda., com sede na Rua das Flores, 123, Jardim das Acácias, São Paulo, SP, Brasil, doravante denominada “A Empresa”, e (2) a criadora de conteúdo Julia Santos, residente na Av. das Palmeiras, 456, Bela Vista, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, doravante denominada “O Criador de Conteúdo”.

Data de Início: 01 de Outubro de 2023
Data de Término: 31 de Dezembro de 2023

1. Descrição do Projeto

O Criador de Conteúdo produzirá um total de 10 vídeos e 20 fotografias destacando o uso dos produtos da linha Solar Radiance da Bella Cosméticos. O conteúdo será utilizado nas plataformas de mídia social da Empresa, incluindo Instagram, Facebook e YouTube.

2. Direitos de Uso de Conteúdo

O Criador de Conteúdo concede à Empresa uma licença não exclusiva, mundial e perpétua para usar, reproduzir, modificar e publicar o conteúdo produzido, em todos os meios de comunicação da marca.

3. Propriedade do Conteúdo e Direitos Autorais

O Criador de Conteúdo mantém os direitos autorais do conteúdo produzido, concedendo à Empresa os direitos de uso conforme descrito na seção 2.

4. Compensação

A Empresa pagará ao Criador de Conteúdo a quantia total de R$5.000,00 (cinco mil reais), divididos da seguinte forma:

  • R$2.500,00 após a entrega e aprovação dos primeiros 5 vídeos e 10 fotografias.
  • R$2.500,00 após a entrega e aprovação dos vídeos e fotografias restantes.

5. Cronograma e Entrega

Os primeiros 5 vídeos e 10 fotografias serão entregues até 15 de Novembro de 2023. Os vídeos e fotografias restantes serão entregues até 15 de Dezembro de 2023.

6. Requisitos de Marca e Diretrizes

O conteúdo deve seguir o guia de estilo da Bella Cosméticos, enfatizando os aspectos naturais e benefícios dos produtos da linha Solar Radiance. Todas as postagens devem incluir as hashtags #BellaRadiance e #SolTodoDia.

7. Revisão e Aprovação

A Empresa terá o direito de solicitar até duas rodadas de revisões para cada peça de conteúdo entregue pelo Criador de Conteúdo.

8. Indenização e Limitações de Responsabilidade

O Criador de Conteúdo indenizará a Empresa contra todas as reivindicações, custos, danos e despesas resultantes de violações de direitos autorais ou de propriedade intelectual relacionadas ao conteúdo produzido.

9. Confidencialidade

Ambas as partes concordam em manter em sigilo as informações e os materiais compartilhados durante a execução deste contrato.

10. Rescisão

Este contrato pode ser rescindido por qualquer uma das partes com um aviso prévio de 30 dias. Em caso de rescisão, a compensação será ajustada proporcionalmente ao conteúdo já entregue e aprovado.

11. Disposições Gerais

Este contrato será regido pelas leis do Brasil. Qualquer disputa será resolvida no foro da comarca de São Paulo, SP.

12. Assinaturas

Ao assinarem abaixo, as partes concordam com os termos deste contrato.

Bella Cosméticos Ltda.


Nome: Ana Beatriz Oliveira
Cargo: Diretora de Marketing
Data: 30/09/2023

O Criador de Conteúdo


Nome: Julia Santos
Data: 30/09/2023


Nota: Este é um exemplo simplificado de contrato e não substitui o aconselhamento legal profissional. Para a elaboração de um contrato, é recomendável a consulta com um advogado especializado.

E ai, curtiu esse texto sobre UGC?

Me siga para mais dicas: https://www.instagram.com/nicole.ognibeni/

Nicole Ognibeni
Nicole Ognibenihttps://tattoo2me.com
Jornalista apaixonada por novos sabores, tatuagens, viagens e animais. Vem pro meu mundo: @nicole.ognibeni / blog.tattoo2me.com

Mais desse autor

Mais Recentes

O Básico que você precisa fazer no seu instagram como tatuador ou tatuadora:

Sua arte merece ser vista e valorizada, então vamos cuidar dessa vitrine com o carinho que ela merece, combinado?

A Arte de Renascer: A Jornada Inspiradora de Gabriela Droguett

Burnout na tatuagem: O Renascimento Artístico de Uma Tatuadora

Tendências da tatuagem que estão com tudo em 2024

2024 já começou vários destaques e tendências incríveis que estão bombando no mundo da tatuagem...

Publicidade

Mais Populares

Queloide ou granuloma? Entenda a diferença!

Apareceu uma bolinha no seu piercing? Se sim, a primeira coisa que vem à nossa mente é a tão temida queloide. Mas, na maioria das vezes, o caso se trata de um granuloma.

O significado da tatuagem de borboleta

Pra você que ama esse animal da nossa fauna e flora, vem ver qual o significado da tatuagem de borboleta carrega em seus desenhos! Você vai se surpreender!

84 inspirações de tatuagens femininas

As tatuagens mais lindas que você vai ver hoje, e tudo isso para te inspirar na sua próxima tattoo.