D dierre Botelho: A Jornada Inspiradora de um Artista da Tatuagem

Conheça a história, os ensinamentos e o impacto de um dos talentos em ascensão na cena da tatuagem.

-

Conheça a história, os ensinamentos e o impacto de um dos talentos em ascensão na cena da tatuagem.

Como começou na arte

Desde cedo, o talento artístico de D dierre Botelho de Araújo revelou-se, como se o desenho estivesse impregnado em sua essência. Ele se recorda de momentos em que o desenho era seu refúgio, uma maneira de passar o tempo e explorar sua criatividade. No entanto, foi um encontro inesperado que desencadeou sua paixão pela arte.

“Sempre falo que não consigo me lembrar se existiu algum momento da minha vida em que eu não desenhava, seja por sempre usar do desenho pra passar o tempo em atividades entediantes, seja pra me sentar com um pedaço de papel e começar a tentar desenhar algo. Mas nem sempre fui bom com desenho, muito provavelmente fui terrível na maior parte do tempo, realmente fiquei bom na base da paciência.

Aos oito anos, D dierre deparou-se com um desenho feito a lápis HB, vendido por um colega de escola. Ele ficou maravilhado com a habilidade de reproduzir algo tão realista. Esse momento foi um divisor de águas, despertando sua curiosidade e determinação para dominar a arte do desenho. Mesmo que suas primeiras tentativas tenham sido vergonhosas, D dierre encontrou na paciência seu melhor aliado para aprimorar suas habilidades.

Sua paixão pelo grafite o levou a explorar novas possibilidades, mas foi durante um período de greve na universidade que a tatuagem entrou em sua vida de forma definitiva. Com tempo livre para praticar, ele redescobriu sua afinidade com o desenho, desenvolvendo uma habilidade que o encantava desde a infância.

No início de sua carreira, D dierre enfrentou desafios que moldaram sua jornada. Sem um mentor renomado, ele começou a tatuar sozinho, enfrentando dificuldades técnicas e financeiras. No entanto, esses obstáculos impulsionaram-no a encontrar soluções únicas para seu trabalho. A falta de materiais adequados para sombras claras resultou na criação de grandes espaços de pele, contrastando com fundos intermediários e tornando-se uma característica marcante de suas tatuagens.

“Acredito que todo início seja complicado, mas as dificuldades acabam moldando a gente de uma maneira que não podemos calcular. Comecei tatuando sozinho, não tive nenhum mentor renomado na época. Como comecei em um estilo sem a menor noção de por onde começar, acabei também desenvolvendo aspectos singulares que na época pareciam defeitos e hoje são características do meu trabalho. Tudo pode nos fazer querer parar, mas em muitos casos vai nos fazer particularmente bons em tarefas laboriosas, apenas por essa características somos o que somos. Sem contar todo o preconceito de amigos, a falta de clientes, a vida financeira inconstante, a falta de dinheiro pra investir, tudo isso se fez muito presente no início.”

Dificuldades na carreia x Apoio

Apesar das dificuldades, D dierre encontrou inspiração e apoio ao longo de sua trajetória. Entre as muitas pessoas que o influenciaram, destaca-se Camilo Tuero, um tatuador com quem teve a oportunidade de trabalhar em São Paulo. Foi nesse momento que D dierre compreendeu a importância de valorizar seu trabalho e suas conquistas, aprendendo a reconhecer seu próprio potencial.

“Eu não poderia nomear todas as pessoas que passaram pela minha vida e me ajudaram a me formar como sou, sem dúvidas deixaria muitas chateadas porque não poderia citar todos. Mas uma das pessoas que sem dúvida alguma abriu minha mente pra tatuagem e mais ainda, para como eu deveria dar valor e olhar a qualidade do meu trabalho foi um cara chamado Camilo Tuero, tatuei com ele por um tempo em São Paulo. Sou eternamente grato por ter vivido um tempo com ele. Aprendi a valorizar meu trabalho e minhas conquistas.”

Suas origens e experiências de vida também desempenham um papel fundamental em sua arte. D dierre acredita que tudo o que vivemos influencia nossa forma de criar. Desde referências de infância até momentos de relaxamento e introspecção, cada experiência contribui para sua expressão artística única. Para ele, sentar-se e desenhar é uma forma genuína de lazer, um momento de paz e autodescoberta.

Sem um ponto de virada específico, D dierre encontra inspiração em suas experiências diárias. Cada cliente que busca seu trabalho, confiando em suas referências e estilo, o motiva a entregar algo além das expectativas. A confiança depositada nele é um combustível para superar limites e alcançar novos patamares.

“Não tive um ponto de virada ou de impacto repentino, acredito que por ser uma pessoa que não toma muitos riscos. Apenas é indispensável me sentir livre da obrigação de conquistar qualquer coisa que não seja evolução no meu trabalho, que é executado sempre com calma. Sei que é o que me mantém sempre em alto nível.”

Carreira internacional

Sua carreira internacional permitiu que D dierre expandisse seus horizontes, vivendo e trabalhando em diferentes países. Essa experiência o fez apreciar a qualidade e o reconhecimento dos tatuadores brasileiros. Ele percebe que o Brasil possui uma quantidade expressiva de artistas de alto nível e que há espaço para crescer e se destacar em outros lugares. Essas experiências também contribuem para sua evolução técnica, enfrentando desafios variados e retornando com motivação renovada.

Embora não haja um local específico ou memória que o inspire constantemente, D dierre encontra inspiração nas interações com seus clientes. Cada pessoa que o procura, trazendo referências de trabalhos anteriores ou confiando em sua visão artística, impulsiona sua criatividade. A conexão com os clientes é uma fonte inesgotável de inspiração e motivação para ele.

“A confiança do cliente sempre me deixa motivado a entregar 10 vezes mais do que esperava quando chegou.”

Equilibrar sua vida pessoal com sua dedicação à arte é um desafio constante para D dierre. Ele compreende a importância de manter disciplina e separar problemas pessoais do trabalho que realiza. Essa maturidade o impulsiona a oferecer o melhor a cada cliente, abdicando de questões pessoais em prol da qualidade e do comprometimento.

D dierre reconhece a importância de experiências passadas, mas sua visão artística está voltada para o futuro. Ele se concentra em seu processo criativo, dedicando tempo e cuidado ao desenvolvimento de cada desenho. O envolvimento do cliente é fundamental, permitindo que ele compreenda suas expectativas e crie uma proposta personalizada. Embora valorize a liberdade criativa, ele busca um equilíbrio entre a visão do cliente e suas próprias sugestões, sempre priorizando a satisfação e o encantamento de quem receberá sua tatuagem.

Em sua carreira, D dierre participou de poucas competições, mas seus prêmios nas categorias de preto e cinza e realismo em 2018 foram momentos de destaque. A pandemia interrompeu sua participação em eventos, mas ele planeja competir novamente este ano, buscando novos desafios e reconhecimento.

D dierre Botelho de Araújo é um artista completo, seu talento e dedicação à tatuagem têm conquistado fãs ao redor do mundo. Com quase 80 mil seguidores no Instagram e patrocínios de diversas marcas, ele se destaca por sua técnica refinada, contraste marcante e sombras médias precisas. Sua história de superação e crescimento constante é uma fonte de inspiração para artistas e entusiastas da tatuagem. Como ele mesmo diz: “Ninguém consegue imaginar o que não existe, o que não sente, ou o que não conhece. Tudo é gerado a partir de visitas a memórias ou a união delas para criar algo.”

De artista para artista

Além de ser um talentoso artista da tatuagem, D dierre Botelho de Araújo também é um educador dedicado, compartilhando seus conhecimentos e habilidades com outros artistas em workshops e mentorias. Desde 2019, ele tem realizado workshops com turmas de até 15 alunos, buscando transmitir suas técnicas e insights sobre a arte da tatuagem.

“Desde o início de 2023, iniciei com a mentoria, e desde o início do ano já pude acompanhar 8 tatuadores, e tem sido de bastante orgulho pra mim, consigo ver pessoalmente a evolução deles. Não é que eu pense que o workshop de grupo não seja efetivo, mas o curso presencial me permite ensinar, observar e corrigir quando o aluno toma um caminho diferente do que falei. Quando estou por perto, consigo corrigir todos esses espaços. Honestamente, tenho que dizer que foi o método mais efetivo que já presenciei.”

Quando questionado sobre seus planos para o futuro na arte e na vida pessoal, D dierre Botelho de Araújo revela sua busca incessante por evolução.

“Na tatuagem, espero que nunca pare no tempo, independente do que eu tenha que aprender, ou até mesmo dos conceitos que tenha que abandonar. Tenho planos concretos com relação a tentar praticar realismo colorido, é uma habilidade que eu definitivamente desejo aprender e aprimorar. Na minha vida pessoal, que querendo ou não é grande parte formada por minha vontade de sempre aprender, seja arte ou conhecimentos aleatórios, desejo viajar para muitos países, seja para conhecer ou ter experiências de trabalho, desejo continuar trabalhando na Alemanha por bastante tempo e conhecer outros lugares onde o realismo é bem visto.”

Quando perguntado sobre a dica que ele daria para um artista que está começando, D dierre Botelho de Araújo destaca a importância de equilibrar a autocrítica com o não se cobrar excessivamente.

“Saber ser crítico consigo mesmo, mas não ao ponto de que não consiga se mover por cobrar demais de si mesmo. Isso é muito pessoal, não tem muita coisa a ver com tatuagem, mas querendo ou não, a tatuagem é um reflexo de nós mesmos. Estudar é muito importante, mas saber lidar com as próprias expectativas e com a própria evolução também é! Uma dica forte para quem está começando é achar um estilo que se sinta bem fazendo, independente do estilo, vá atrás do tipo de desenho que te faça se sentir bem fazendo, depois disso procure bons artistas no seu estilo e absorva o máximo que conseguir observar, tenha vivências com outros artistas, isso é bom para se auto nivelar, e nunca permaneça em um lugar onde você é o melhor.”

Quando se trata de pessoas que estão buscando artistas para suas tatuagens, D dierre Botelho de Araújo aconselha a estudar e pesquisar bastante.

“Eu acredito sim que a arte seja uma coisa pessoal, então primeiro diria para estudar bastante o estilo que queira fazer. É muito normal pessoas que fazem tatuagens e, depois disso, se envolvam com esse mundo, começam a seguir outros tatuadores, outras páginas, e depois de um tempo começam a achar que suas tatuagens não são tão boas, isso porque nesse ponto elas já entendem o bastante para discernir um trabalho bom de um médio e um ruim. Depois que achar algo justo, procure pela constância nos resultados, um tatuador que entrega um trabalho bom em vários desenhos, muito provavelmente irá te agradar. E claro, sigam boas páginas de tatuagem para se inteirar do que há de melhor no mercado atual.”

D dierre Botelho de Araújo, além de impressionar com sua arte, continua a impactar a comunidade da tatuagem compartilhando seu conhecimento e incentivando tanto artistas iniciantes quanto apreciadores de tatuagem a buscar a excelência e a qualidade. Sua dedicação em ensinar e seu compromisso com a evolução constante são inspiradores para todos que desejam entrar nesse mundo criativo e vibrante da tatuagem.

Uau, que entrevista maravilhosa!

Continue acompanhando o artista:
Instagram: @ddierretattoo
Brasil, Goiânia – @ddierretattooshop
Informações sobre orçamentos: https://linktr.ee/ddierrebotelho

Nicole Ognibeni
Nicole Ognibenihttps://tattoo2me.com
Jornalista apaixonada por novos sabores, tatuagens, viagens e animais. Vem pro meu mundo: @nicole.ognibeni / blog.tattoo2me.com

Mais desse autor

Mais Recentes

Como o UGC Está Transformando Marcas e Aproximando Corações

Explorando Caminhos Lucrativos: Como Produtoras de Conteúdo Monetizam UGC para Marcas

Victor Armero: Mestre das Sombras e Luzes no Universo da Tatuagem

Victor Armero transcende a definição de tatuador; ele é um visionário, cujas obras se tornaram referências no cenário da tatuagem contemporânea.

Desvendando o Poder dos Arquétipos nas Marcas: Estratégias para o Instagram

Como Utilizar Arquétipos Universais para Criar Conexões Profundas e Autênticas no Instagram

Publicidade

Mais Populares

Queloide ou granuloma? Entenda a diferença!

Apareceu uma bolinha no seu piercing? Se sim, a primeira coisa que vem à nossa mente é a tão temida queloide. Mas, na maioria das vezes, o caso se trata de um granuloma.

O significado da tatuagem de borboleta

Pra você que ama esse animal da nossa fauna e flora, vem ver qual o significado da tatuagem de borboleta carrega em seus desenhos! Você vai se surpreender!

84 inspirações de tatuagens femininas

As tatuagens mais lindas que você vai ver hoje, e tudo isso para te inspirar na sua próxima tattoo.