Gabriel Rodrigues: um artista movido a desafios

Entrevistamos o Gabriel Rodrigues para conhecer sua história e sua relação com a arte.

Confira agora o nosso papo e seu belíssimo trabalho!

“Se pode ser imaginado, pode ser tatuado!”

É com esta frase que Gabriel Rodrigues se apresenta ao mundo em sua Bio do Instagram.

Criatividade e exclusividade são palavras que definem bem o trabalho do artista, que se dedica a ouvir com atenção a solicitação de cada pessoa que passa por seu estúdio, para assim, criar algo único.

Do preto e cinza até as artes super coloridas, Gabriel é versátil e arrasa em todos os estilos!

Além de tatuar, ele ensina a profissão a outros profissionais que desejam se especializar na tatuagem em seu curso e mentoria.

Movido por desafios, ele busca sempre fazer o melhor trabalho, e do lado de cá, nós ficamos encantados com sua técnica e talento!

Veja agora a entrevista na íntegra, e conheça este grande artista chamado Gabriel Rodrigues!

Gabriel Rodrigues e sua arte

Gabriel, nos conte quando decidiu se tornar artista e como foi sua história com a arte:

Gabriel: Minha história com a arte começou há muito tempo, quando eu ainda era criança e via muitos desenhos na televisão, tais como: Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco e Pokémon.

Nessa época eu tinha entre 7 e 8 anos de idade, e desde então comecei a desenhar sempre e não parei mais. Hoje, com meus 29 anos, ainda desenho todos os dias e amo quando aparecem tatuagens de animes para eu fazer, pois é algo que sempre mexeu muito comigo.

Porém, também amo artes em um contexto geral e estudo muito tudo relacionado ao tema.

Gabriel: Eu não gostava dos desenhos que via na internet, por isso resolvi eu mesmo criar a arte para essa minha primeira tatuagem.

Depois que a fiz, meus amigos gostaram muito e começaram a me pedir desenhos para queeles fizessem suas tatuagens também.

Meu começo se resume a fazer desenhos para amigos próximos.

Aos 22 anos eu e um grande amigo Rony Teles abrimos nosso primeiro estúdio detatuagem, foi algo muito desafiador pois nem eu e nem ele tínhamos experiência em negócios, mas fomos aprendendo aos poucos e a partir daí tudo foi se desenrolando com o tempo, tomei coragem e comecei a tatuar meus desenhos em amigos, que trouxeram mais amigos, que trouxeram mais amigos e de repente já tinha uma clientela e estava vivendo disso!

Quem foi a pessoa que mais te apoiou e o que ela fez?

Gabriel: O começo de todo mundo é sempre complicado e quem mais me apoiou e apoia até hoje é minha mãe.

Na época eu larguei um emprego que lutei muito para conseguir em uma indústria, onde eu tinha estabilidade e um cargo de liderança, e mesmo não acreditando muito em um futuro onde eu viveria de arte, ainda assim, ela estava ao meu lado, reclamando mas estava – Risos.

Qual foi o momento mais marcante na história da sua carreira até hoje?

Gabriel: Um dos momentos mais marcantes começou antes de eu tatuar.

Como eu sempre fui muito pobre, minha visão de vida era arrumar um bom emprego, fazer faculdade e desenhar como hobbie.

E estava indo tudo bem, porém, um ano antes de eu começar a tatuar, fui convidado para uma exposição de artes coletiva em minha cidade.

Foram 2 semanas de evento e isso me mudou

Meus amigos, familiares e muita gente da minha cidade viram minha arte ali exposta, e pela primeira vez na vida alguém que não me conhecia diretamente quis comprar um quadro que eu fiz. 

Desde então meus sonhos mudaram e não parei mais.

“Pode parecer um ato simples, mas para mim foi um divisor de águas, pois ali eu entendi que se me dedicasse seria possível viver de arte, algo que até então nunca tinha passado pela minha cabeça.”

Gabriel Rodrigues
Os quadros do Gabriel são fantásticos! Dá só uma olhada:  

Como você descreve o seu processo criativo? 

Gabriel: Sou especialista em vários estilos e tenho uma linha de trabalho autoral.
Meu processo criativo é bem simples na realidade, mas o encaro como um ritual. 

Quando alguém me procura para realizar um trabalho, eu analiso vários fatores para propor um resultado melhor.

Os fatores são: anatomia do cliente (levo em consideração as proporções do local escolhido e crio as composições baseadas na anatomia); 

Tipo de pele (se é uma pele negra por exemplo, meu intuito é focar no contraste que esse desenho terá e provavelmente será blackwork); 

E proposta a ser tatuada (mesmo que o cliente chegue com mil referências, eu vou redesenhar tudo, eliminando possíveis erros anatômicos e trazendo um design único e criativo com o aspecto condizente com o que o cliente busca).

O cerne do meu trabalho gira em torno do seguinte pensamento:

 “Cada arte de cada cliente eu faço como fosse para mim”, então me dedico muito mais que 100% em cada projeto. 

“Por mais simples que a arte seja, ela precisa ser incrível.”

Gabriel Rodrigues

Quem inspira você na tatuagem e na pintura?

Gabriel: Dentro da tatuagem, eu sou inspirado por artistas incríveis como Lincoln Lima, Leander Piva, Planoc, Max Leão, AG Tattoos, Vino Moraes, e outros.

Quem são os seus clientes? Como são os hábitos deles e o que eles mais conversam com você?

Gabriel: Meus clientes são das mais maravilhosas pessoas!

Claro que já encontrei pessoas não tão maravilhosas assim, mas os que seguem comigo, normalmente são pessoas fora da caixinha como eu, que não buscam o convencional e gostam de algo exclusivo e criativo.

Normalmente os papos que mais rolam durante as sessões são sobre a vida, reflexões e insights que eu e eles tivemos ao decorrer de alguma experiência.

E eu, como artista, sinto admiração por cada um deles, pois são sempre histórias incríveis.

Qual foi a história mais bonita que tatuou?

Gabriel: Uma das histórias mais bonitas que já tatuei, e também a minha tatuagem mais longa até hoje (demoramos 9 horas consecutivas) foi de uma cliente que havia acabado de se separar. O marido a traiu e ela decidiu sair de onde estava, vir para uma cidade nova com a filha pequena e tentar uma nova vida, na raça.

Ela tinha estrias nos ombros e costas, relatou que sentia muita vergonha de tudo e queria fazer florais para tampar. Foram 9 horas de sessão, bem exaustivas, mas no final foi muito emocionante. 

Quando eu disse que havia acabado, ela se levantou, ficou olhando a tatuagem nova no espelho e se emocionou.

Disse que aquilo representava uma nova vida pra ela, e essa história me marcou muito, pois eu fui um meio para o empoderamento daquela pessoa. Por causa da minha arte, houve uma transformação.

E é essa beleza e emoção que busco em minhas tatuagens.

Além de tatuar você ministra workshops, conta sobre essa paixão em ensinar?

Gabriel: Um pouco antes do apocalipse (pandemia) eu descobri em mim a paixão por ensinar.

Como já atuo no mercado há um tempo e vejo muita gente começando errado (sem noções de biossegurança, higiene e materiais de qualidade), resolvi montar um curso prático de tatuagem.

Eu não tive um mentor, e na época que eu comecei cursos online não existiam.
Tive que galgar meu caminho errando e aprendendo. 

Com isso aprendi cada lição que a vida me ensinou, e hoje, através desses ensinamentos, eu consigo não só ministrar um curso completo, como também ofereço mentoria para quem quiser evoluir como profissional. 

“Com muita qualidade eu já formei mais de 25 profissionais, e atualmente estou finalizando um curso online.”

Gabriel Rodrigues

Gabriel: O mais legal disso tudo é ver gente como eu, mudando de vida também, e saber que é através de mim que a tatuagem proporciona uma nova carreira e novos horizontes a todos que se dedicam de corpo e alma.

Gabriel e seus alunos do curso de tatuagem

Quais são as tatuagens que mais procuram você para fazer?

Gabriel: Os clientes que me procuram buscam algo único dentro da temática que elesescolhem, então tatuo desde pets, deuses gregos, animes, coberturas e muitos outros estilos.

E o mais legal disso é que como eu amo um desafio, quanto mais complexo o trabalho, mais eu fico empolgado. 

Claro que também amo tatuar florais, por exemplo, mas quem não gosta de um desafio, né?

Gabriel, queremos saber quais seus planos para a carreira?

Gabriel: Meus planos dentro da área da tattoo atualmente, além do curso que estou preparando, é melhorar constantemente, e por isso estou sempre em busca de novos conhecimentos e desafios.

Nós do Tattoo2me indicamos que você acompanhe o trabalho do artista no Instagram para não perder as novidades! 

Siga e veja de perto as artes fantásticas que ele faz:

https://www.instagram.com/art.gabriel/

Por fim, queremos dizer que foi uma honra entrevistar você Gabriel e conhecer de perto sua história!

Estaremos sempre torcendo por seu sucesso e para que cada vez mais as pessoas conheçam seu trabalho. 

Muito obrigada por essa entrevista!
Desejamos que você siga se desafiando e se divertindo no caminho!

Gabriel Rodrigues

E se você gostou da matéria e curtiu o trabalho do Gabriel, continue acompanhando o artista nas redes sociais! 

Ah! Fica com a gente que tem outras matérias e artistas inspiradores aqui no Blog do Tattoo2me!

Até a próxima entrevista!