Profissão Tatuador/a

O momento de virar a chave e encontrar um novo caminho.

-

O momento de virar a chave e encontrar um novo caminho.


O ano era 2005 e eu estava recém-formada em Jornalismo e desempregada. Ali eu tentava buscar uma opção de vida dentro de algo que me fizesse e me deixasse feliz como a profissão que havia escolhido.

Todo mundo que já cursou algo sabe como é difícil pra si essa mudança e também para a expectativa da família, não seguir na profissão que se dedicou anos de estudo e esforço de todos os aspectos.

Lidar com essa espécie de frustração, diante de todo tempo investido, não é uma missão das mais fáceis.

Pra mim era algo que eu já previa, pois, como eu não estagiava (por conta dos baixos salários, das minhas grandes despesas e pouquíssimas vagas) no último ano resolvi fazer um curso de dermopigmentação (tatuagem), já me preparando para esse momento.

Mas quando se está desempregada ou até mesmo empregada, a dificuldade pra começar algo é grande, seja pelo fato de conciliar às duas profissões, seja pela falta de recurso pra iniciar uma.

Daí entra a decisão. Tem momentos na vida que você tem que realizar essa escolha e meter a cara, mesmo que esteja difícil em vários aspectos, seja pelo não apoio da família, seja pela falta de grana, e por ai vai.

Isso será uma fase acredite. No começo as pessoas não te procuraram porque realmente elas não te conhecem, portanto, mãos a obra, hora de falar pra Deus e o mundo o que está fazendo. E pra, além disso, mostrar.

Sejam com desenhos, estudos, parcerias, bate com vizinhos, fale sobre você. No meu caso, consegui uma sala bem baratinha, no bairro que morei a vida toda e assim foi. As pessoas começaram me notar. Os clientes começarão a aparecer.

O estudo e o conhecimento foram essenciais para minha sobrevivência nesse mercado.

Mostrar que eu tinha formação e conhecimento sobre aquilo foi fundamenta para eu vencer a concorrência.

Nunca pare de estudar, esse é o lema. Leve a vida com conhecimento e tudo ficará um pouco mais fácil.

Estude sobre sua área de atuação e sobre outras coisas também.

Ah e sobre o jornalismo? Ele não ficou pra trás não, ele me ajudou muito no universo da tatuagem a comunicar com minha clientela, e me ajuda até hoje. Tanto é que estou aqui escrevendo para você. Nunca desista de nada.

Máquina: @lauropaolinibr
📸 @tatisilvestroni



Gislaine Silva
Tatuadora, Muralista, Jornalista/ Produtora Cultura

Mais desse autor

Mais Recentes

Diego Conci e sua arte: do Brasil para o mundo!

Entrevistamos Diego Conci para conhecer seus atuais projetos e trajetória na tattoo.

Tatuagem otaku: o amor pelos animes e mangás eternizado na pele

Você já ouviu falar no termo Otaku? Na matéria de hoje vamos te explicar mais sobre esse mundo e mostrar como essa cultura está expandindo para o mundo da tatuagem!

27 Tatuagens de futebol incríveis pra entrar no clima da Copa do Mundo

A Copa do Mundo da FIFA Catar 2022™ começa esse mês e os apaixonados por futebol já estão com a emoção à flor da pele!

Publicidade

Mais Populares

Queloide ou granuloma? Entenda a diferença!

Apareceu uma bolinha no seu piercing? Se sim, a primeira coisa que vem à nossa mente é a tão temida queloide. Mas, na maioria das vezes, o caso se trata de um granuloma.

O significado da tatuagem de borboleta

Pra você que ama esse animal da nossa fauna e flora, vem ver qual o significado da tatuagem de borboleta carrega em seus desenhos! Você vai se surpreender!

84 inspirações de tatuagens femininas

As tatuagens mais lindas que você vai ver hoje, e tudo isso para te inspirar na sua próxima tattoo.