Conheça o projeto voltado para tatuagens em pele negra da Jaqueline Flores

Tatuagem em pele negra: Nessa entrevista você irá conhecer a história e propósito da artista Jaqueline Flores, artista de Cachoerinha, no Rio Grande do Sul.

-

Nessa entrevista você irá conhecer a história e propósito da artista Jaqueline Flores, artista de Cachoerinha, no Rio Grande do Sul.

Jaqueline contou para o tattoo2me sobre como a tatuagem trouxe autoestima para ela, e como gostaria de devolver isso para outras pessoas:

Jaqueline Flores em ação

Quem é a Jaqueline Flores? Conte um pouco sobre sua trajetória: 


“Quando criança eu era muito introspectiva, gostava muito de ficar desenhando e expressava meus sentimentos através dos desenhos. Sempre fui uma criança insegura por diversos fatores. 

Cresci em uma cidade relativamente pequena no Rio Grande do Sul, onde tem uma taxa bem alta de racismo. 

Sentia isso, na época da escola por não ser o padrão. (Ter cabelos lisos e pele clara). 

Sempre achando que havia algo errado em mim, mas sem entender diretamente por não ser retinta. Duas coisas que me fizeram mudar complemente a forma que me enxergava, foram a reafirmação quanto pessoas negra e a tatuagem. 

Tatuagem e autoestima 

A tatuagem na minha vida fez toda diferença, na adolescência quando comecei a me tatuar, minha autoestima mudou completamente, hoje me sinto eu mesma e linda. Isso é umas das coisas que me motiva a tatuar, amo como isso é sobre muitas coisas, não somente uma tatuagem, é autoestima e aceitação, realmente muda a vida de algumas pessoas. 

Mesmo ajudando pessoas, com mais experiência no ramo da tatuagem, percebi que é um meio, assim como tantos, que excluem pessoas negras. 

O foco é sempre para peles brancas e essa ideia de que tatuagem em pele negra não fica boa, foi enraizada.

É também sobre fazer a diferença, escuto muita música e principalmente rap e entendo a diferença que faz na vida das pessoas, faz eles entenderem e discutirem sobre racismo estrutural, faz eles quererem mudar de vida. 

Queria poder fazer isso também, levar uma representatividade e autoestima pro povo preto, mas não sou cantora, como faria isso? Ai me veio a ideia do projeto. 

O projeto voltado para pessoas de pele negra. Pois isso me afeta de um jeito pessoal, queria fazer algo pra verem como todos os tons de pele ficam lindos com tatuagem. 

Trazendo mais representatividade pra cada vez mais pessoas enxerguem isso como eu, que a tatuagem é sobre autoestima e não exclusão.”

Conte um pouco como a tatuagem entrou na sua vida e qual seu propósito em fazer arte. 

“A arte era presente na minha vida desde que era uma criança com 2 anos, já desenhava, com 16 anos meus pais quiseram me incentivar a fazer algo relacionado com minha paixão por desenho e pagaram um curso de tatuagem. Desde então sigo tatuando e procurando evoluir sempre e meu propósito é fazer meu projeto crescer e alcançar muitas pessoas.”

Conte um pouco sobre seu processo criativo e suas artes autorais:

“Geralmente as pessoas que me procuram, já querem tatuar comigo pelas minhas artes autorais, ou as que vem com referências da internet, sempre sugiro algumas mudanças, para ter uma identidade própria e não copiar o trabalho de outro artista. 

Como algo mais interessante, ter um trabalho exclusivo, os clientes quase sempre ficam empolgados com a ideia. 

Sobre o processo criativo, acho que algo que acontece. Vem a ideia de como ficaria melhor a arte e com ajuda de referências, nasce algo único.”

Além da tatuagem, quais outros tipos de arte você desenvolve? Estão a venda? 

“Costumo fazer somente desenhos no papel, vendidos para tatuagem.  Não realizo outro tipo arte por enquanto, estou mais focada nos meus projetos de tattoo.”

O que na arte gostaria de fazer e ainda não fez e gostaria de se desafiar? 

“Eu gostaria bastante de fazer grafite. É uma arte que me chama muito atenção, aqui no Rio Grande do sul tem alguns, mas quando fui pra SÃO PAULO, foi que me encantei vendo prédio com desenhos enormes, com certeza é uma arte que gostaria muito de aprender e praticar.”

Qual história tatuou que mais fez diferença para você?

“Tatuando escutamos muitas histórias, algumas com muitos significados de perda, de homenagem. Mas ultimamente as que mais me tocaram foram os clientes voltados ao meu projeto. Durante a sessão trocávamos bastante ideias de como ta sendo importante essa minha iniciativa e eles me contavam sobre experiências com outros tatuadores, que faziam somente pelo dinheiro e como nas convenções somente pele branca é solicitada para tela. Isso me toca de uma maneira diferente e me da motivação de querer mudar essa cena.”

Qual o estilo de tatuagem que não é o que faz atualmente, mas gostaria de fazer?

“Atualmente trabalho mais com line work e blackwork, mas estilos que admiro muito e gostaria de me aprofundar mais seria o Neotrad, por abranger mais figuras femininas, que é o que mais gosto de fazer e envolver cores, que pretendo me profundar mais e quem sabe desenvolver alguns projetos.” 

Você tem pretensão de fazer guests e visitar outros estados e países para levar sua arte? Se sim, quais?

Já fiz um guest em São Paulo, que é uma cidade que adoro e sempre voltarei pra fazer mais e quem sabe até me mudar pra lá. Gostaria bastante, na verdade, de visitar pra e atender em várias partes do Brasil e quem sabe do mundo, então deixo em aberto, pois seriam vários.  Admiro muito o Marcus Oliveira, criador do Arte Pretas, sempre acompanho ele indo pra vários lugares e penso que essa seria a meta.

Qual artista você adoraria de fazer uma collab futuramente?

“Essa é uma das perguntas mais difíceis pra mim, pois admiro muitas pessoas que adoraria fazer um collab. Gosto demais do trabalho e da pessoa que o Fabio Lopes, fundador da casa Ubuntu, realiza lá em Recife. Adoraria conhecer ele e realizar uma parceria ou apenas ver ele trabalhar, isso também se aplica ao Pablo Xamã e ao Bruno Moura. Já com cantores e cantoras a lista seria gigante, só vou deixar minha máxima admiração a cena rap, trap e R&B. É bom demais estar presenciando cada vez mais artistas sendo valorizados.”

Quem você admira na arte da tatuagem?

“Com tantos artistas talentosos uma pessoa só fica difícil de escolher, mas principalmente, agradeço de trabalhar no estúdio, ANTONOV TATTOO, que atendo atualmente, pois como pessoa e artista, a Bárbara Antonov, é uma das melhores tatuadoras que já conheci, com um trabalho impecável, tanto na criação da arte, até sua execução. Indico muito que conheçam o trabalho dela, quando vocês virem, vão entender o que estou falando. E também os outros tatuadores que já citei antes, admiração máxima.”

Qual legado você gostaria de deixar para a arte?

“Espero muito que minha arte faça a diferença, assim como de todos meus colegas de profissão com foco na autoestima do povo negro. 

Que consigamos mudar esse pensamento que nos acompanha, desde sempre, que a tatuagem é só para pele clara.

Que cada vez mais pessoas pretas se tatuem e se sintam lindos, como são. 

Para quem está iniciando nesse meio, sugiro que desenhe muito, estude muito e veja qual estilo mais se identificar, pra ser um processo de descobertas e aprendizado leve e com entusiasmo. Claro, como nem tudo são flores, quero dizer que passem por cima do desejo de desistir, erros acontecem, principalmente no início, mas com muita prática e esforço vale a pena, se for algo que a pessoa quer mesmo, vai valer!”

Para quem ainda vai se tatuar, qual conselho você deixa para essa pessoa?

“Pra quem ainda não tem nenhuma tatuagem e pretende fazer, é um processo dolorido às vezes mais, às vezes menos do que imaginam. Mas uma coisa é certa, no final sempre vale a pena e logo depois já estará pensando nas próximas.

 Pra quem não tem e pra quem já é tatuado, sempre indico que cuidem bastante a alimentação antes de depois do processo, pois influência muito na cicatrização. 

Beber bastante água sempre é uma das coisas mais importantes. 

Um bom profissional de confiança sempre vai te auxiliar com todos esses cuidados, então é muito importante conhecer o trabalho do tatuador antes, não fazer somente por valores. 

A biossegurança é um fator que as pessoas deviam se importar mais. Seguindo essas instruções, você está pronto pra ir fazer sua tattoo e depois que ela estiver 100% curadas, arrasar por aí e já pode pensar nas próximas.”.

Ah, estamos chegando no fim dessa lista entrevista, gostaria de agradecer do fundo do meu coração essa oportunidade conversar com você, Jaqueline Flores!

“Queria muito agradecer o TATTOO2ME por esse convite e fazer com que mais pessoas conheçam meus trabalhos. Com toda certeza, é o site que mais dá oportunidade pra vários tatuadores, com o alcance que tem.  Vocês podem me encontrar no Instagram @jaquelineflorestattoo, espero que tenham gostado de conhecer um pouco sobre mim e quem tiver curiosidade de conhecer mais, é só me seguir no Instagram, onde posto coisas diariamente sobre meu trabalho.”


Marque sua arte com a @jaquelineflorestattoo e conheça seu projeto em peles negras que ela desenvolve, tudo nos destaques do instagram da artista =)
◈0 51 98543-6424
◈Av. Flores da Cunha, 3156. Sala 203 Cachoeirinha, Rio Grande do Sul.

Matérias que você também irá curtir:

Matérias recentes

Nicole Ognibeni
Nicole Ognibenihttps://tattoo2me.com
Jornalista apaixonada por novos sabores, tatuagens, viagens e animais. Vem pro meu mundo: @nicole.ognibeni / blog.tattoo2me.com

Mais desse autor

Mais Recentes

Tudo o Que Você Precisa Saber Sobre a Remoção de Tatuagens

Entrevistamos a Michelle Piercing e Laser para esclarecer todas as suas dúvidas sobre remoção de tatuagens. Abaixo, confira a entrevista completa.

O Futuro da Tatuagem: Cobertura ou Remoção?

A tatuagem, que já foi um símbolo de rebeldia e individualidade, está passando por uma fase de transformação. Diante das mudanças no mercado e...

Como Ana Mendes Redefiniu o Old School com Autenticidade e Paixão

A jornada transformadora de uma artista que desafiou estereótipos e moldou sua própria versão do old school

Publicidade

Mais Populares

Queloide ou granuloma? Entenda a diferença!

Apareceu uma bolinha no seu piercing? Se sim, a primeira coisa que vem à nossa mente é a tão temida queloide. Mas, na maioria das vezes, o caso se trata de um granuloma.

O significado da tatuagem de borboleta

Pra você que ama esse animal da nossa fauna e flora, vem ver qual o significado da tatuagem de borboleta carrega em seus desenhos! Você vai se surpreender!

84 inspirações de tatuagens femininas

As tatuagens mais lindas que você vai ver hoje, e tudo isso para te inspirar na sua próxima tattoo.