Como escolher uma linha de crédito para o seu pequeno negócio

Confira este passo a passo de como escolher um empréstimo para micro e pequeno negócio

Business people contract. agreement was signed co-investment business

Confira este passo a passo de como escolher um empréstimo para micro e pequeno negócio

Assim como tudo na vida, existem situações em que as pessoas enfrentam dificuldades, e isso não é diferente no mundo dos negócios. É comum donos de micro e pequenas empresas que encontram dificuldades financeiras precisarem buscar algum tipo de empréstimo para manter o negócio funcionando, enquanto os ganhos não chegam.

Porém muitos sentem dúvidas de como avaliar e escolher a melhor linha de crédito para seu negócio,como se organizar para começar a pagar e até mesmo se existe a necessidade de pedir um empréstimo. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como escolher o melhor crédito para micro e pequenos negócios. Confira:

Analise com cuidado o negócio

Esse é o primeiro passo antes de tomar qualquer decisão. Fazer uma análise da gestão financeira, buscar um diagnóstico das contas do empreendimento e tentar encontrar o ponto de conflito que está esgotando as finanças da empresa. Antes de qualquer decisão, é preciso avaliar se existe algum tipo de solução que não envolva contratar um empréstimo, como promoções, liquidações ou ajustes de contas. Muitos dos casos podem ser resolvidos pelo simples fato de analisar de forma meticulosa as contas da companhia.

Após decidir que deve ser tomado um empréstimo, é necessário fazer todas as contas para que essa injeção de dinheiro seja aproveitada da maneira mais eficiente possível. Dinheiro parado no caixa não gera benefícios.

Reveja todos os cadastros da empresa

É importante verificar a situação cadastral da empresa e dos sócios antes de pedir um empréstimo, através de consulta de CNPJ e CPF, para saber se não existe nenhuma restrição legal. Se houver quaisquer tipos de impostos atrasados ou débitos com alguma instituição financeira, estes devem ser resolvidos antes de pedir o empréstimo, pois o banco escolhido vai realizar essa análise de crédito, e, se houver alguma restrição, dificilmente, vai ser liberada uma linha de crédito.

Pesquise qual linha se encaixa melhor 

Logo após o fim da ditadura e a instituição da Constituição Federal, em 1988, muitos bancos receberam incentivos para a criação de linhas de crédito para as novas empresas que surgiram na época. Hoje em dia, o Brasil conta com 180 linhas diferentes, segundo o Sebrae, fornecidas por bancos e agências especializadas. 

O ideal é contratar um profissional de economia para analisar o diagnóstico das finanças da empresa e conferir qual linha melhor se adapta, sempre optando por linhas com menores juros, menores carências e maiores limites de empréstimo.

Tenha garantias para oferecer

O principal obstáculo que impede a maioria das liberações de crédito é a falta ou a insuficiência de garantias. É necessário verificar os tipos de garantias que as instituições de crédito aceitam e se o valor necessário é correspondido. Normalmente, são utilizados veículos, imóveis e até o maquinário da empresa como formas de garantia de que a empresa vai arcar com os custos mensais do empréstimo.