Muito mais do que só Miss Tattoo

Coletivos de tatuadoras viabilizam a discussão sobre a igualdade no mercado.

-

Se tem alguém que mais se movimentou nos últimos tempos, foram as mulheres. Negras, brancas, mães, solteiras, casadas, homossexuais, transexuais, profissionais, do sexo, inclusive. Pé na porta, pulando janela, tomando lugares, ocupando espaços.

Podemos dar inúmeros exemplos dessa resistência toda: a Marcha das Mulheres Negras, Mulheres contra Cunha, as campanhas que viralizaram nas redes sociais como #meuprimeiroassedio, #meuamigosecreto… E as minas sendo linha de frente da ocupação das escolas públicas de São Paulo? Inspiradoras! Todas!

Nós temos muita história para contar, muita mulher poderosa, sendo exemplo. De soberania a gente entende. Nós aproveitamos o mês de março para falar dessas mulheres e juntar com o que mais gostamos de fazer por aqui: tatuagem! Ou melhor, falaremos das tatuadoras. O protagonismo da mulher na tatuagem!

Nós, que fomos educadas a nos relacionarmos sempre como rivais, e não como aliadas, deixamos de lado o lema “ou ela ou eu”, para criar o lema “a da frente puxa a de trás”. Estamos nos fortalecendo, estamos nos empoderando, profissionalmente, mercadologicamente também. A luta é coletiva: mulheres e homens, respeitando, claro, o lugar de fala da mulher. A gente entende que o tema deve ser abordado e trabalhado durante todo o ano, mas hoje falaremos especificamente de coletivos criados por mulheres e com mulheres protagonistas.

Entrevistamos dois dos mais importantes coletivos do país: Lady Luck Tattoo e Sampa Tattoo, localizados respectivamente no Rio de Janeiro e em São Paulo. Vem com a gente ver essas mulheres de pertinho:


LADY LUCK

Em 2011, as amigas Priscilla Virla, advogada, e Eliana Quintella, tatuadora, resolveram se juntar para empreender e perceberam a necessidade de uma reinvenção e de um novo conceito para o segmento: contrataram uma equipe só de mulheres, deram formato ao trabalho e inovaram o mercado.

Equipe Lady Luck.

Tattoo2me — Como surgiu o Lady Luck?

Lady Luck — Nós éramos amantes da arte e com veia empreendedora, sentimos falta da representação feminina no segmento e decidimos criar um estúdio apenas com profissionais mulheres, criando um novo conceito de negócio.

Tattoo2me — Como esse novo conceito foi recebido pelo mercado?

Lady Luck — A aceitação do mercado foi, e ainda é, excelente, principalmente devido a expansão e consolidação da tatuagem em vários outros segmentos, como a moda, o entretenimento, redes sociais e no próprio cenário artístico e cultural. Além disso, a proposta de uma loja feminina com uma pegada mais delicada atraiu um nicho de mercado fora do circuito alternativo, atingiu principalmente o público feminino, antes reprimido, e também a terceira idade. A ideia é introduzir nesse mercado pessoas que curtem a tatuagem, o piercing, mas que não são, ou pelo menos não eram, frequentadores de estúdios de tatuagem.

Tattoo2me — E como esse público recebeu vocês?

Lady Luck — O público é o maior incentivador do nosso trabalho, sempre muito acolhedor, recebem muito bem as campanhas e novidades que o estúdio oferece aos clientes. Temos um carinho muito especial pelos nossos seguidores e pelos admiradores do nosso trabalho.

Tattoo2me — Qual a importância da presença feminina no mundo da tatuagem, que era predominantemente masculino?

Lady Luck — A mesma importância que tem a presença feminina em todos os outros segmentos do mercado de trabalho. É uma conquista, ou seja, a comprovação de que nós mulheres somos tão capazes quanto os homens de ocupar lugares de destaques em tudo que nos propusermos a fazer. O empoderamento feminino, além de promover a equidade de gênero em todas as atividades sociais, traz, acima de tudo, mais confiança para continuarmos lutando pelo nosso espaço, principalmente na tatuagem, onde o preconceito sempre se fez presente.

Tatto2me — E como vocês conseguem quebrar esse preconceito?

Lady Luck — O preconceito é extremamente inexpressivo para a gente. Na verdade, ter um estúdio composto por mulheres se tornou um diferencial, e o público curte a ideia. Mas nem tudo são flores, no início sofríamos muito com o preconceito de alguns clientes que duvidavam da nossa capacidade e da qualidade dos nossos trabalhos. Afinal, esta era, até bem pouco tempo, uma profissão predominantemente masculina. Porém esse conceito ficou no passado, devido à boa repercussão do nosso trabalho e de tantas outras excelentes tatuadoras no segmento.

Priscilla Virla e Eliana Quintella após premiação no Tattoo Week Rio.

Tattoo2me — Como é a presença feminina nas convenções de tatuagens?

Lady Luck — As tatuadoras são super bem recebidas nas convenções e têm um destaque bem legal. Nosso stand normalmente é muito visitado e um dos motivos é a curiosidade e o interesse do público em conhecer um estúdio composto apenas por mulheres. Outro ponto importante é a nossa preocupação em apresentar trabalhos de qualidade. Exemplo disso, podemos citar a dupla premiação da nossa tatuadora Eliana, na última edição da Tattoo Week Rio, na qual ela faturou primeiro lugar na categoria “Temas Brasileiros” e segundo lugar na categoria “Tribal”.


A equipe Lady Luck é composta pelas tatuadoras:

Eliana Quintella (@elianaquintella): atua na área de artes plásticas e tatuagem há 15 anos. Especialista nos estilos Old School e Realismo.

Priscilla Virla (@privirla): sócia e administradora das lojas, cuida de toda parte administrativa dos estúdios, é advogada e empreendedora há 8 anos.

Carol Machado (@caroltattooo): especialista em traços e linhas, curte trabalhos como Mandalas e desenhos em Pontilhismo. É tatuadora na equipe Lady Luck desde a conquista do seu primeiro prêmio de tatuagem na categoria “Melhor Tatuagem Feminina”, há aproximadamente um ano.

Savannah Figueiredo (@savannah_fs): detentora de grande conhecimento e qualidade artística, direciona bastante seus trabalhos para a linha Blackwork, além de ser especialista em tatuagens no estilo New Traditional.

Barbara Botino (@barbarabot): a mascote da equipe de tatuadoras, começou os estudos como profissional há cerca de dois anos. Através de muita pesquisa e dedicação, iniciou no Lady Luck no final de 2015 e encontrou no estúdio um ambiente favorável a seus valores de crescimento.

Pamella Virla (@pam.virla), Dani Fernandes (@dani_sf86) e Yasmin Cavalcante (@miimicavalcante): fazem parte da equipe de Body Piercings do Lady Luck, executando todos os tipos de perfurações e visando o aprimoramento constante dessa arte.


SAMPA TATTOO

A tatuadora Samanta Pires e o empreendedor Yuri Murakami começaram com o conceito de abrirem um estúdio de tatuagem com tatuadoras que tivessem o mesmo desejo de fazer algo diferente, e que além de talento tivessem coisas em comum, como formação e paixão pela arte de estampar histórias, momentos e lembranças na pele.

Equipe Sampa Tattoo.

Tattoo2me — Como foi criado o Sampa Tattoo?

Sampa Tattoo — Quando a Samantha Sam teve a oportunidade de escolher os profissionais que trabalhariam com ela no novo estúdio que abriria com seu sócio, ela preferiu escolher pessoas com quem se identificava: mulheres, com formação artística, interesses em comum e uma longa carreira de aprendizados pela frente, com quem pudesse enfrentar junto qualquer resquício de sexismo na área. Além disso, quando trabalhava no estúdio Shimada Tattoo, percebeu-se que seu público era em sua maioria feminino ou em busca de sua primeira tattoo e que seus clientes gostavam do fato de tatuar com uma mulher — o que não era tão comum — , pois diziam ser mais delicadas. Sendo assim, imaginou-se que as pessoas talvez gostassem de ir num estúdio só com tatuadoras.

Tattoo2me — E como foi enfrentar o mercado com uma proposta nova?

Sampa Tattoo — Foi uma surpresa quando recebemos propostas de revistas e sites nacionais e internacionais para falarmos da nossa proposta. Não esperávamos uma recepção tão calorosa já nos primeiros meses de estúdio e as matérias repercutiram de tal forma que, com muita gratidão, hoje recebemos mensagens de mulheres que se inspiram em nós para ir atrás de seus sonhos, além de receber clientes de fora do estado e até de outros países.

Tattoo2me — Existia uma reciprocidade do público.

Sampa Tattoo — Tanto o público feminino quanto o masculino nos receberam super bem, tendo como preferência tatuar conosco por causa do atendimento personalizado e pelo clima descontraído, num ambiente familiar e livre de qualquer tipo de preconceito. Graças a esse reconhecimento conseguimos ampliar nosso estúdio e contratar novas tatuadoras. Em breve iremos inaugurar mais uma filial do Sampa Tattoo, bem maior, onde poderemos unir outros projetos artísticos e tatuagem num só espaço, além de receber outras tatuadoras de outros estados e países como convidadas.

Julia Bicudo (@juliabicudo)

Tattoo2me — Qual a importância da presença feminina no mundo da tatuagem?

Sampa Tattoo — A tatuagem para as mulheres foi por muito tempo um grande tabu. No começo, mulheres tatuadas eram exibidas em apresentações circenses e por anos tatuagem era vista como algo marginalizado, por isso muitas mulheres evitavam fazer para não serem julgadas pela sociedade. Hoje em dia, a tatuagem em geral está conquistando um espaço grande no coração da sociedade moderna. Tanto homens quanto mulheres se sentem mais à vontade para fazer uma tatuagem como expressão artística ou ornamental, sem temer críticas ou preconceito. As mulheres vêm conquistando espaço em várias áreas profissionais antes predominantemente masculinas e acreditamos que no mundo da tatuagem nossa luta é a mesma. Somos tão capazes quanto qualquer um de fazer o que amamos, sem julgamentos ou preconceitos infundados. Acreditamos que essa luta nos faça vencedoras a cada trabalho bem-sucedido e a cada cliente satisfeito.

Jéssica Coqueiro (@jer_coqueiro)

Tattoo2me — Como o coletivo é recebido nas convenções?

Sampa Tattoo — Nossa primeira convenção foi no mesmo mês de nossa inauguração, então foi uma experiência completamente nova para nós e para o público, pois não é comum ter um stand só com mulheres em convenções. Mesmo assim tivemos uma recepção muito boa do público! A presença feminina nas convenções está ganhando seu espaço, mas ainda somos minoria e às vezes vistas como atração. A beleza feminina continua sendo exaltada com concursos de Miss Tattoo, mas aos poucos estamos mostrando que vamos muito além disso. Este ano nós do Sampa Tattoo estaremos novamente no Tattoo Week, com um preparo maior, mais experientes e prontas para mostrar nossa evolução em nosso trabalho, como artistas e tatuadoras.

Tattoo2me — O preconceito existe, então? É latente?

Sampa Tattoo — Nós apenas fazemos nosso trabalho com muito amor e dedicação. Cada cliente é especial à sua maneira e procuramos atendê-los com muita atenção, trabalhando em desenhos exclusivos. O reconhecimento de nossos clientes já é uma forma de quebrar o preconceito no mercado, pois mostra a todos o que já era óbvio: nós também somos capazes.


O Sampa Tattoo (@sampatattoo) é formado por:

Samantha Sam (@samanthatattoo): sócia-fundadora, formada em Artes Plásticas, faz vários estilos, entre eles: Fineline, Geométricas, Caligráficas, Mini-Tattoos, Pet-Tattoos e Old School.

Juliana Chislu (@chislu): formada em Design Gráfico, seus estilos preferidos são: Blackwork, Dotwork e Ornamental.

Ingryd Guimarães (@ingrydg.tattoo): cursando Desenho Artístico, dedica-se ao estilo Ornamental, Neotraditional, Mandalas, Botânicas pretas e coloridas, entre outros.

Jéssica Coqueiro (@jer_coqueiro): cursou Artes Visuais, seus estilos prediletos são Botânicas, Blackwork, Pet-Tattoo, entre outros.

Julia Bicudo (@juliabicudo): formada em Rádio e TV, faz Blackwork, Old School, Geométricas, entre outros.

Dafne Cristhinne (@dafnecristhinne): formada em Artes Visuais, gosta de fazer Blackwork, Geométricas, Caligráficas, entre outros.

Chi bi (@chibstattoo): cursou Design de Games, seus estilos preferidos são: Geek, Coloridas e Aquarelas.


Nós gostamos muito de poder compartilhar com vocês histórias, entrevistas, conteúdos que somem e propaguem o mundo da tatuagem. Temas como esse nos movimentam e fazem com que percebamos o que nos incomoda e nos prende. Precisamos nos movimentar, sair do lugar e ocupar todos os cantos do planeta! É com todo respeito do mundo que a equipe Tattoo2me deseja as mulheres dias mais felizes e com igualdade.


Oi! Você ainda está aí? Não nos segue em nossas redes sociais?
Você não sabe o que está perdendo!

Tem sorteio de tattoo para todo Brasil no nosso site, tem transmissão ao vivo no nosso Instagram, tem muita inspiração de tattoo no nosso Facebook e no nosso Pinterest.
Ah, e se curtiu esse texto, clica nas palminhas para que nosso texto chegue à outras pessoas.

Avatar
Fernanda Moraeshttps://blog.tattoo2me.com
Editora no Tattoo2me Magazine. Mãe do Zion e Jornalista, às vezes. Cultura Periférica, Indústria Cultural e Tatuagem.

Mais desse autor

Mais Recentes

Tatuagens de frases: onde fazer e o que tatuar

As tatuagens de frases podem ser feitas das mais diversas formas: Em todo o corpo, fontes diferentes, homenagens ou até mesmo letra...

Amor de 4 patas: tatuagens de animais por Beatriz Rezende

A artista Beatriz Rezende é do Rio de Janeiro e atualmente tatua em São Paulo. Nesse texto iremos compartilhar histórias marcantes dos...

Tatuagem e auto-estima: o que um desenho pode influenciar em nós?

A tatuagem é uma arte em nosso corpo, logo ela pode modificar a forma como o enxergamos, para o bem ou para...

Publicidade

Mais Populares

O significado da tatuagem de borboleta

Pra você que ama esse animal da nossa fauna e flora, vem ver qual o significado da tatuagem de borboleta carrega em seus desenhos! Você vai se surpreender!

Significado da tatuagem de Lobo

Você sabe dizer qual é o significado da tatuagem de lobo? Esse é um animal muito comum em tatuagens. Apesar disso, nem todo mundo conhece o…

84 inspirações de tatuagens femininas

As tatuagens mais lindas que você vai ver hoje, e tudo isso para te inspirar na sua próxima tattoo.