Samme Antunes: A fusion tattoo do artista

O curitibano Samme Antunes conta tudo sobre sua carreira na tatuagem, sobre seu estilo e seu espaço de coworking para tatuadores.

-

Você sabe o que é fusion tattoo? Samme Antunes, tatuador e empreendedor de Curitiba, nos explicou sobre seu estilo de trabalho. Se você você ainda não conhece o trabalho do artista, acredite: é algo único! Além disso, o artista também conta pra gente sobre coworking na tatuagem.

“Meu início na tatuagem foi difícil e complicado como o início de qualquer tatuador. Comecei na tatuagem por volta de 2005, com 20 anos de idade mais ou menos. Também não tive, logo de cara, o apoio dos meus pais que estavam preocupados com meu futuro, claro. Também não tive o incentivo de muita gente e essas pessoas que fizeram minha vontade crescer: eu queria mostrar que era capaz!
Depois disso, os amigos ajudaram, comprei um kit simples de tatuagem e comecei a tatuar em casa mesmo. 6 meses depois fui convidado pra ser residente em um estúdio de um amigo, o Sandro Santos, aqui mesmo em Curitiba. Aprendi muito com ele no tempo que estive no estúdio, ele foi muito importante na minha caminhada.
Depois disso, vieram outros convites até o momento em que eu abri meu próprio espaço, o Artpura Tattoo. O estúdio media 2×3 e aos poucos fui crescendo como tatuador e como empresário.”

Samme Antunes conta, ainda, que com mais de 15 anos na tatuagem, já estudou e praticou um pouco de todos os estilos:

“Meu estilo vem de uma mistura de muitos estilos de tatuagem: Já estudei muito Old School, Neo Trad, New School, Oriental e entre outros. Isso me fez abrir a cabeça e dentro de cada pouquinho que aprendi desses estilos, fui me encontrando e posso definir meu estilo como uma fusion tattoo. Por mais que eu use o mesmo estilo pra fazer uma tatuagem, sempre dou aquela alterada pra não ficar igual, sempre falo para os meus clientes que meu processo criativo é o antes, quando elaboramos uma ideia, e durante, que é quando a mágica acontece.”

Criando harmonia entre as ideias e sem perder as características, Samme afirma que tem certa facilidade no processo: “Gosto muito de ter um bom bate papo com meus clientes para extrair o máximo de conteúdo para que eu possa, na hora de criar sua arte, colocar a identidade do cliente na tattoo.”

Para finalizar, o artista afirma que, da mesma forma que encontrou apoio de outros profissionais no início de sua jornada, faz questão de devolver com sua experiência adquirida ao longo desses 15 anos.

“Da mesma forma que um dia abriram as portas para que eu tivesse oportunidade de aprender mais e evoluir o meu trabalho, eu me sinto com uma dívida eterna de fazer o mesmo. Então, comecei a estudar maneiras que eu pudesse fazer isso, não só gerando uma oportunidade, mas, sim, várias, pra atender mais pessoas. Tive a ideia de montar um coworking de tattoo onde as pessoas podem vir, compartilhar do espaço, ter aquele networking sem se preocupar com horários e todo aquele compromisso que um tatuador fixo tem que ter com o estúdio, onde se paga a porcentagem do seu trabalho.
Meu lado empresário falou mais alto, mas também sou tatuador. Então, pensei de uma maneira que eu pudesse ajudar mais pessoas e valorizar mais esses profissionais, gerando oportunidades pra quem deseja evoluir e certa comodidade pra queles que querem comodidade.”

Com o coworking, Samme Antunes espera levar trazer muito mais conteúdo não só para iniciantes no mundo da tatuagem, mas, também, para a galera com uma caminhada mais longa, oferecendo workshops, cursos, rodas de bate papo e aquele networking entre os profissionais.

“No Artpura, aos poucos, foram chegando mais tatuadores e sempre tivemos uma troca de experiências e até de críticas que sempre me motivaram a buscar mais qualidade nos meus trabalhos e graças à todas essas pessoas que estiveram presentes nessa minha trajetória, me fizeram evoluir e chegar no estilo de trabalho mais autoral que faço hoje. E aquela sala de 2×3 se tornou um espaço de 200 m²,  com uma equipe sensacional que continuam me ajudando a evoluir, aprendo diariamente com todos. A evolução não depende só do tanto que você se dedica, mas, sim, de quem que está ao seu lado te apoiando!”

Acompanhe o trabalho do artista:
https://www.instagram.com/sammeantunes/


CONTINUE NO BLOG…

Conheça 24 tatuadores na cidade de Curitiba


Avatar
Fernanda Moraeshttps://blog.tattoo2me.com
Editora no Tattoo2me Magazine. Mãe do Zion e Jornalista, às vezes. Cultura Periférica, Indústria Cultural e Tatuagem.

Mais desse autor

Mais Recentes

Rafa Ferrari: um tatuador na quarentena italiana

Tatuador brasileiro Rafa Ferrari, especialista em tribal e ornamental, conta sobre sua vivência no período de LockDown na Itália, onde mora há 2 anos.

Máscara de proteção: Como tirar e colocar corretamente

Todos sabem onde colocar a máscara de proteção, mas o maior problema está na hora de colocar e tirar esse item! Você sabe como fazer?

Instagram é a rede que mais causa depressão?

O que o Instagram tem a ver com depressão? Veja a resposta para essa pergunta e a solução nessa reportagem sobre nossa rede social queridinha: O Instagram!

Publicidade

Mais Populares

Tatuagem e doação de sangue, tudo que você precisa saber.

Quem tem tatuagem pode doar sangue? Saiba tudo sobre a doação de sangue.

Como cuidar da cicatrização da tatuagem

Confira nossas dicas para garantir sua tatuagem perfeita.

30 tatuagens em homenagem as mães e filhos.

Aquela lista que você não pediu, mas fizemos para falar de amor incondicional: tatuagens em homenagem as mães e filhos!