Tatuagem Temporária: Conheça alguns tipos e riscos

Tatuagem temporária: Muitas vezes por medo de fazer uma tatuagem definitiva, algumas pessoas vêm na tatuagem temporária uma solução

Foto de cottonbro no Pexels

Por Leo Neguin

Muitas vezes por medo de fazer uma tatuagem definitiva, algumas pessoas vêm na tatuagem temporária uma solução. O mercado oferece essa opção já faz um tempo para quem não se sente seguro de carregar uma marca definitiva no próprio corpo.


Mas será que a tatuagem temporária é realmente uma boa opção?

Antes de proseguir, temos que entender o que de fato é uma tatuagem temporária para chegarmos a uma conclusão mais coerente.

Grosso modo, dois pontos fazem com que uma tatuagem seja temporária.

– O primeiro deles é uma aplicação mais superficial que consequentemente torna o tempo de vida útil da tatuagem temporário.

– O segundo se trata de um pigmento com componentes mais leves, capazes de serem absolvidos pelo organismo com o tempo. Seja como for, o problema é o mesmo para ambas as situações.

Tempo da tatuagem temporária

Em média uma tatuagem temporária permanece por cerca de um ano na pele, mas a questão é que ela não fica intacta durante todo esse período e desaparece da noite para o dia como em um passe de mágica.

O processo de expulsão do pigmento pelo nosso organismo se inicia já nos primeiros meses que vai se degradando com o tempo até sobrar apenas alguns poucos vestígios do desenho inicial, ou seja, a pessoa terá a tatuagem definida por um ou dois meses no máximo e depois disso, a tatuagem vai assumindo um aspecto de tatuagem antiga até sobrarem algumas pequenas manchas soltas no local e em alguns casos, acaba não desaparecendo totalmente.

Resumindo, no total você terá a tatuagem nítida por um curto período e no restante do tempo você terá que se contentar com uma tatuagem com a aparência de uma tatuagem antiga.

Tatuagem de Henna

Por outro lado, outros preferem optar pela tatuagem de henna (também conhecida como tatuagem de verão), por se tratar de uma tintura superficial que desaparece entre 20 e 30 dias aproximadamente.

Foto de Mehndi Training Center no Pexels – Henna pura que pode não causar alergia, porém essas são para fins relisiosos, e não são feitas na praia.


Por mais inofensiva que possa parecer, as tatuagens de henna podem provocar reações alérgicas. A henna pura não costuma provocar alergia, o problema aparece quando outros produtos são adicionados na composição.

No verão é muito comum encontrar pessoas oferecendo tatuagens de henna nas cidades litorâneas, mas na maioria dos casos, alguns componentes são adicionados para dar uma turbinada no pigmento, porém ao escurecer a tonalidade e aumentar a durabilidade da henna, as chances de se obter uma reação alérgica também aumentam.

Reações cruzadas também podem acontecer com o uso de outros produtos químicos como medicamentos e protetor solar, somada à exposição ao sol. As alergias começam com vermelhidão, coceira, calor e inchaço. Nos casos mais graves, também podem apresentar algumas bolhas na região.

Sendo assim, por mais que à primeira vista as soluções apresentadas pela tatuagem temporária pareçam ser uma boa opção, vale a pena considerar os possíveis efeitos colaterais antes de tomar uma decisão.


Matérias recentes