Tatuagens em Blackwork: 25 artistas brasileiros incríveis!

A tatuagem feita em Blackwork talvez seja a mais democrática: tem para todos os gostos e é isso que vamos te provar nesta lista.

-

O Estilo Blackwork é, resumidamente, toda tatuagem feita somente com a cor preta.
Pode parecer bem básico, mas, vamos, nessa lista, te mostrar mais de 70 possibilidades de tatuagens em Blackwork. Tem para todos os gostos e o melhor: 25 artistas de todas as cidades do país mostrando o melhor de seus trabalhos.

E por falar em Blackwork, que tal ter acesso à uma cartilha para imprimir e colorir contendo 18 desenhos fantásticos?! Adorou, né? Baixe a sua cartilha agora!

“Sua história até pode se confundir com o surgimento da própria tatuagem, já que os primeiros desenhos feitos em pele eram na cor preta.”

Leia mais sobre o Blackwork em nosso blog:

Vamos te mostrar nessa super lista quem são os 25 artistas que se destacam no BLACKWORK!
Compartilha para que mais pessoas possam ver nosso conteúdo!
<3


Dani Cunha
Cidade: São Paulo
Instagram: danicunhatattoo
Contato: (11) 98310-5580

Dani Cunha é uma artista ímpar. Seu trabalho é focado nos estilos geométrico, ornamental com doses de aquarela. Dani é umas das maiores referências brasileiras em tattoos geométricas, ornamentais e modernas. Diversas vezes eleita como umas das 10 melhores tatuadoras do Brasil. Mas o que poucos sabem, é que ela faz também pontilhismo e desenhos mais tradicionais também e claro, em Blackwork!


Bruna Wilhelm
Cidade: Blumenau
Instagram: brunatattooer
Contato: Via Direct no Instagram

Bruna Wilhelm tem 21 anos e é tatuadora há 2 anos. A artista conta que desde muito pequena foi muito influenciada pela família a criar, desenhar e apreciar a arte no geral: “Sempre gostei muito de desenhar e meus desenhos eram bastante elogiados. Quando eu tinha 17 pra 18 anos, depois de observar alguns tatuadores no Instagram, descobri que eu tinha vontade e potencial de entrar pra esse mundo. Meses depois, fiz minha primeira tatuagem em uma amiga, uma rosa na costela, sem entender direito como tudo funcionava (ficou horrível!). No começo foi bem frustrante, não sentia orgulho de quase nada que eu tatuava porque achava que meus resultados tinham que ser tão perfeitos quanto o de alguém com 10 anos de profissão, mas com muita persistência e no meio de várias crises achando que eu nunca conseguiria, fui aperfeiçoando cada vez mais, tentando e arriscando outros estilos, até começar no Blackwork, onde comecei a realmente sentir amor por todo o processo de criação até chegar no resultado final. Ainda tem bastante caminho pra percorrer, mas já tenho muito orgulho do que tenho feito até aqui.”


Helene Dovas
Cidade: São Paulo
Instagram: helenedovasink
Contato: [email protected]

Helene Dovas tem 19 anos e é tatuadora há 3 anos. A artista é filha de artista plástico e conta que desde criança seu pai sempre lhe incentivou a desenhar, pintar quadros e se dedicar ao máximo na carreira artística. “Com 15 anos comecei a ver minha irmã ingressando na tattoo e querendo me ensinar um pouco sobre a técnica. À partir desse dia, comecei a me interessar cada vez mais por esse mundo. Todo dia de aprendizado era uma nova descoberta. Quando fiz 16 anos já estava trabalhando em um estúdio, com uma pequena cartela de clientes mas que pra mim já significava muito. Hoje, tenho certeza que fiz a melhor escolha em seguir esse caminho, eternizando minha arte na pele das pessoas. O estilo que gosto de trabalhar é Blackwork com sombras leves em whip shading. Gosto muito de fazer florais, animais mas sempre estou aberta a novas ideias e desafios.”


Katy Havk
Cidade: Ribeirão Pires
Instagram: katyhavk
Contato: (11) 98255-9634

Katy Havk tem 23 anos e é tatuadora há 3 anos. A artista sempre gostou de desenhar, mas nunca imaginou que um dia fosse ser tatuadora e, por isso, acabou cursando design de interiores e queria ingressar no meio da arquitetura que até hoje é sua segunda paixão. “Aos meus 20 anos (3 anos atrás), comprei um material bem simples e comecei a treinar em casa mesmo, com o apoio do meu marido que sempre me incentivou a começar na tattoo. Infelizmente, quando comecei, senti a dificuldade em ser mulher e estar nesse meio, a galera sempre muito fechada em relação a trocar informações, mas em contra partida recebi muito apoio das mulheres em acreditar/confiar no meu trabalho. Sou muito grata, pois mesmo aprendendo tudo por minha conta, tudo aconteceu bem rápido pra mim, trabalhei durante 6 meses em um outro estúdio e logo decidi abrir meu próprio espaço.”


Pedro Renó
Cidade: São José dos Campos
Instagram: pedroreno_ink
Contato: (14)98213-4202

Pedro Renó tem 25 anos e é tatuador há 3 anos. O artista sempre gostou de desenhar, mas nunca se imaginou como tatuador: “Até que comecei a expor meus desenhos em algumas feiras artísticas na universidade. Nessas feiras, muitas pessoas paravam para olhar meus desenhos e me perguntavam: “você tatua?” Ou “você já pensou em tatuar”? Até que resolvi tentar. Comecei pelo pontilhismo, depois me especializei em fineline com foco em trabalhos botânicos. Hoje, busco um estilo próprio, que mistura um pouco de cada estilo que estudei: mesclando Sketch, Pontilhismo e temas botânicos com uma pitada brasileira. O começo não foi fácil, mas hoje eu vejo que valeu a pena. Nada na vida paga a felicidade de trabalhar com aquilo que se ama.”


Isadora Montenegro
Cidade: Fortaleza
Instagram: isadoramontenegro_
Contato: [email protected]

Isadora Montenegro tem 43 anos e é tatuadora há 10 anos. Artista plástica com formação acadêmica, Isadora Montenegro começou a trabalhar como ilustradora em 1998. À partir de 2011, começa a migrar seu trabalho para o universo da tatuagem, terreno que se provaria fértil para manifestação de suas criações originais cheias de forte simbolismo poético. Destaca-se por aliar um grande conhecimento artístico (domínio de técnicas sofisticadas, como o fineline – traços muito finos – e pontilhismo) somado às suas inspirações visuais particulares, que revelam o cruzamento da vida pessoal da mulher com a artista: a série “Lunar Series” – coleção de centenas de ilustrações autorais (tatuagens) que dialogam com o universo do poder feminino – é extremamente popular no Brasil pela força que convida a todos a percorrerem um pouco desse caminho místico do Feminino Sagrado, através de símbolos de poder como a lua e elementos da natureza, geometrias sagradas, as pirâmides invertidas em referência ao elemento “água”, todos “costurados” com traços pontilhados que direcionam a energia da imagem para a ordem vertical, como um tótem a encaminhar para o alto nossas inspirações mais íntimas.


Luana Sousa
Cidade: Itajuba
Instagram: luanastattoo
Contato: (35) 99990-2558

Luana Sousa tem 24 anos e é tatuadora há 4 anos. A artista se tornou tatuadora com o incentivo do namorado de uma amiga, que também é tatuador, e viu o quanto a artista gostava de desenhar. “Apesar de sempre gostar de tatuagem, nunca havia pensado na possibilidade de ser uma tatuadora e hoje sinto que me encontrei. Vejo a tatuagem como uma forma de sentimento, algo íntimo e que eleva a autoestima. Amo o que faço e busco cada dia melhorar e aprender um pouco mais.”


Amanda Castellani
Cidade: Bragança Paulista
Instagram: amanda.castellani
Contato: (41)98469-4031

Amanda Castellani tem 26 anos e é tatuadora há 6 anos. A artista conta que durante sua infância e adolescência inteira desenhar era seu escape emocional: “Nunca me dei bem na escola e nem era muito sociável, então desenhar sempre fez eu me sentir menos sozinha. Lá pelos meus 13 anos, meu primeiro contato com tatuagem foi influência da minha mãe que sempre assistia a programas de tatuagem e competição de tatuadores e eu adorava ver o processo da tinta na pele. Iniciei aos 18 anos faculdade de artes visuais em SP- que sempre foi algo que imaginei na minha vida- e fiz também minha tão esperada primeira tatuagem, eu era a primeira tatuada da família. Lá pelos meus 20 anos, me mudei para Curitiba e acabei trancando a faculdade com intenção de retomar depois. Nesse meio tempo fui fazer uma tatuagem que era desenho autoral meu e o tatuador foi super incentivador, foi onde eu realmente pensei na hipótese de ser tatuadora. No início não foi fácil, comecei sozinha, a primeira tattoo foi em mim mesma e me senti extremamente encorajada com o resultado! Conciliava as tattoos com trabalho, folgas, fui tatuando família e amigos e depois dos 3 primeiros anos finalmente tive coragem de largar tudo pra só tatuar! Foi uma trajetória difícil mas nunca pensei em desistir. Meu conceito de tatuagem é sobre marcar na pele aquilo que não conseguimos externalizar emocionalmente. Trabalho com artes autorais e a minha parte preferida é criar para cada cliente algo que ele se identifique lá no fundo da essência através de uma história que ele tenha pra contar ou sentimentos que queira expor na tatuagem.”


Elias Santos
Cidade: Lisboa
Instagram: inksantos
Contato: [email protected]

Elias Santos tem 27 anos e é tatuador há 11 anos. O artista começou a desenhar cedo e aos 8 ou 10 anos já estava fascinado por isso. “Meus pais sempre me incentivaram a fazer o curso profissional de desenho, e aos 15 anos eu já estava concluindo um dos últimos níveis do curso. Tive contato com a tatuagem no ano seguinte quando decidi fazer uma tatuagem. Após ver o tatuador em ação, fiquei muito curioso sobre a arte e não demorou muito tempo para que eu já começasse a praticar, treinar e me dedicar a profissão. Daí por diante foi muita luta, muito trabalho e dedicação até hoje, me sinto realizado profissionalmente e amo demais o que eu faço.”


Rafael Horvat
Cidade: Santo André
Instagram: horvattattoo
Contato: (11) 98830-2882

Rafael Horvat tem 40 anos e é tatuador há 11 anos. O artista começou na tatuagem em 2009 e sua grande inspiração foi seu professor de desenho na época, André Rodrigues, e afirma que segue, até hoje, os passos dele. “Minhas inspirações hoje são vários artistas, como: Danilo Stephan, André Rodrigues, Julio César, Chico Morbene, Ubiratan Amorim, FilG, Samurai Standoff, Victor Montaghini, Rafael Cassaro e muitos e muitos outros artistas. E até hoje sigo aprendendo 1% ao dia, todos os dias.”


Fernanda Branco
Cidade: Rio de Janeiro
Instagram: brancoink
Contato: (21) 99628-5241

Fernanda Branco tem 22 anos e é tatuadora há 6 anos. A artista sempre foi apaixonada por arte, fez desde artesanato até design gráfico. “Fiz minha primeira tattoo aos 15 anos e fiquei mais interessada no processo de como produzir uma arte na pele. Deixei design gráfico para trás e resolvi investir na profissão, comecei a tatuar aos 16 anos. Entrei num curso de desenho para ter mais entendimento sobre arte em geral e com 18 anos iniciei no meu primeiro estúdio de tatuagem. Assim, pude aprender sobre a rotina e ter experiência direta com clientes para chegar onde cheguei.”


Djou Lee
Cidade: Palhoça
Instagram: djouleetattooartist
Contato: (48) 99161-8455

Djou Lee é especialista em Blackwork. Seu perfil no Instagram está recheado de artes incríveis. O artista é de Palhoça, cidade bem próxima à Florianópolis, em Santa Catarina.
Siga o artista e conheça mais sobre seus trabalhos no estilo Blackwork.


Vi Marcondes
Cidade: São Paulo
Instagram: vi.marcondestattoo
Contato: (11) 98366-6507

Vi Marcondes tem 21 anos e é tatuadora há 5 anos. A artista conta que começou a tatuar aos 16 anos de idade quando se tornou aprendiz: “Desde então, meu amor pela tatuagem só cresceu. Conforme o tempo foi passando descobri que me identificava com o Blackwork. Hoje é o estilo que eu mais amo fazer. Principalmente, temas como botânica e geek.”


Kmy Araújo
Cidade: Niterói
Instagram: kmyaraujotattoo
Contato: (21) 97912-0234

Kmy Araújo tem 29 anos e é tatuadora há 5 anos. A artista sempre foi apaixonada por desenho desde criança, ela conta que o desenho sempre foi um refúgio. “Quando adulta tentei diversas profissões ligadas ao mundo da arte desde maquiagem à moda, sem me identificar com nenhuma. Até acompanhar uma amiga para fazer tatuagem, por curiosidade comecei a trocar uma ideia com o tatuador e cismei: decidi começar a estudar e treinar tatuagem como aprendiz em um estúdio. Soube desde a primeira tatuagem que era isso que eu queria fazer para o resto da vida. Larguei até a faculdade para poder me dedicar exclusivamente à arte da tattoo. Hoje em dia, tenho certeza que foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado. Tenho como referência inúmeros artistas dos estilos mais diversos e gosto de pegar um pouco de cada para mim. Não gosto de me definir em um único estilo mas sim ter a fluidez de poder fazer algo um pouco diferente a todo dia, apesar de trabalhar mais com o Blackwork: tento trazer essa diversidade pra cada trabalho e criar um estilo meu. A cada trabalho é um processo de criação, de paciência, de perfeccionismo, e de alegria ao poder colocar aquela arte no mundo.”


Eduardo Frazão
Cidade: Uberlândia
Instagram: frazaofrazaofrazao
Contato: [email protected]

Eduardo Frazão tem 30 anos e é tatuador há 11 anos. O artista começou a aprender sobre o mundo da tattoo enquanto cursava Filosofia, na faculdade: “Desde lá, foram muitas transformações e evolução desde o material até às possibilidades na tattoo. Vi nas tatuagens um meio de me expressar, de me conectar com o mundo, de fazer o que acho que tem que ser feito. Sigo construindo o caminho sem saber onde ele vai dar, se vai dar.”


Nicole Martinato
Cidade: Caxias do Sul
Instagram: nicolemartinato
Contato: Via Direct no Instagram

Nicole Martinato tem 23 anos e é tatuadora há 4 anos. A artista começou sua aspiração pela tattoo aos 16 anos, ainda durante o ensino médio. “Nesse mesmo ano, comentei com a minha mãe sobre o interesse e ela logo foi atrás de um curso. Após, trabalhei em dois estúdios da cidade, onde pude aprender muito e estudar diferentes técnicas para entender com qual estilo me identificava mais. Há um ano, tive a oportunidade de abrir um ateliê com outros três amigos, que trabalham com Artes Visuais. Com certeza a minha evolução profissional é diretamente ligada as trocas dentro do local de trabalho, aprendemos muito uns com os outros. Atualmente, percebo meu estilo bem definido. Para desenvolver os projetos, utilizo referências de Blackwork e Trash Polka, mas sempre tentando trazer algo novo, ligado à contemporaneidade.”


Laura Fenner
Cidade: Novo Hamburgo
Instagram: fennerlauratattoo
Contato: (51) 99130-7234

Laura Fenner tem 20 anos e é tatuadora há quase 3 anos. A artista conta que desde pequena sempre amou desenhar. “Eu testava várias formas de criar algum tipo de arte. Ao final do ensino medio, pensando em oportunidades de trabalhar com desenho, criei um enorme interesse na área da tatuagem. Para saber por onde começar, fui atrás de cursos de tatuagens para iniciantes. E foi aí que iniciei o curso no estúdio Origem, em São Leopoldo, onde aprendi todos os tipos e estilos que existiam. Atendi até o final do ano de 2018 em estúdio privado, ainda descobrindo que estilo gostaria de fazer futuramente. No início de 2019, tive a oportunidade de entrar no estúdio Skin Art Tattoo, no qual atendi por alguns meses. Logo após, entrei para a equipe do estúdio Red House Tattoo, em Novo Hamburgo, onde atendo atualmente. Nestes últimos anos, fui me apaixonando pelo estilo Blackwork e a forma como somos livres para criar tanto composições delicadas, quanto mais pesadas. Sempre sonhei em trabalhar com algo que gostasse, e ser tatuadora me proporcionou essa experiência incrível!”


Marquinho André
Cidade: Santa Cruz do Sul
Instagram: marquinhoandretattoo
Contato: [email protected]

Marquinho André tem 33 anos e é tatuador há 17 anos. O artista começou a tatuar ainda na adolescência e desde então muita coisa lhe inspira e não o faz parar de aprender. “É essencial ter contato com outros artistas e receber o carinho dos clientes, assim estamos sempre nos atualizando e buscando o melhor. Acho que se aproximar de artistas que admiramos e entender como ele chegou até ali também é a melhor maneira, não adianta copiar, você deve fazer o seu caminho também. Pra mim a melhor parte em ser tatuador é poder viajar por aí com meu trabalho e conhecer pessoas e lugares.”


July Brandão
Cidade: Florianópolis
Instagram: july.brandao
Contato: (48) 99828-5164

July Brandão tem 23 anos e é tatuadora há 5 anos. A artista é de Florianópolis, Santa Catarina e produz tatuagem no estilo Blackwork, principalmente. Mas o estilo Neo Trad também é um de seus preferidos.


Rodrigo Eric
Cidade: Uberlândia
Instagram: rodrigoerictattoo
Contato: (34) 99132-4832

Rodrigo Eric tem 23 anos e é tatuador há 5 anos. O artista conta que desde criança sua grande paixão é desenhar. “Grande parte da minha inspiração vem das histórias em quadrinhos e na tattoo foi onde encontrei minha liberdade de criar meus próprios desenhos, trazendo tudo que eu gosto nessas histórias fantasiosas para minha arte. Gosto de trabalhar com ideias e à partir de uma conversa com o cliente formar um novo conceito, mesmo que seja em cima de uma ideia tradicional ou algo que já foi muito explorado. Sempre tento me expressar da melhor maneira que consigo no desenho, para agradar não só ao meu cliente como a mim mesmo com meu trabalho.”


Lígia Castro
Cidade: Juíz de Fora
Instagram: ligiacastrotattoo
Contato: (32) 99173-2080

Lígia Castro tem 31 anos e é tatuadora há 4 anos. A artista conta que sua paixão pela tatuagem surgiu quando ainda era criança, quando teve seu primeiro contato com uma pessoa tatuada: “Desde então eu soube que um dia seria toda tatuada. Apesar de sempre ter gostado muito de desenhar, me formei em gastronomia e fiz uns bicos na área, mas acabei trabalhando na empresa da família. Sempre me senti frustrada no ambiente de trabalho, mas como era um negócio de família, estava conformada de que seria aquilo ali. Segui com o plano de ficar toda tatuada, porém insatisfeita profissionalmente. Até que por ventura, eu e um amigo- que já era tatuador a 8 anos- começamos a namorar, e foi aí que ele, Breno, viu um potencial em mim pra ingressar no ramo da tatuagem. Então, no início eu achava que Breno estava viajando, mas levei na esportiva e fiz minha primeira tatuagem nele, e tudo saiu muito bem! Foi aí que vi uma luz no fim do túnel e pensei que talvez desse certo. Tenho certeza que se eu não tivesse um artista tão bom por perto e um incentivador, jamais teria dado certo. O começo foi bem desafiador, sair de um ramo tão diferente e cair na tatuagem foi bem assustador, até hoje ainda acho uma responsabilidade enorme.”


A Tattoorana
Cidade: Lavras
Instagram: a.tattoorana
Contato: (35) 99847-9860

A Tattoorana tem 24 anos e é tatuadora há 5 anos. A artista conta que veio de uma família bem humilde e que moravam em uma cidade bem pequena, chamada Luminárias, e com cerca de 5 mil habitantes. “Desenho desde sempre e lá todo mundo me reconhecia por isso. É o que a gente aqui chama de “arroz de festa”. Qualquer atividade na cidade que envolvesse desenhar, eu estava no meio. Citei que minha família é bem humilde, pois bem. Com 13 anos comecei a fazer ilustrações digitais pra complementar a renda de casa. Eu tinha um computador bem velho, um mouse e aí fomos nós. Eu vendia algumas caricaturas pra eventos, festas personalizadas, formaturas etc e essa venda também me ajudou a custear alguns cursos na época. E eu continuei fazendo caricaturas até os 17, até quando eu entrei na Universidade, em 2014. Acabei trabalhando em um Museu e lá eu comecei a ser apresentada à Ilustração Biológica. Eu não me formei, acabei desistindo do curso bem perto do fim, mas os quatro anos que eu passei na UFLA, foram uma extensão do que meus desenhos podiam ser e como eles transformariam minha vida. Um dia, enquanto estava ilustrando alguns insetos pro núcleo, alguém passou do meu lado e disse que tatuaria meus desenhos se eu fosse tatuadora. PRONTO. Esse foi meu start pra tattoo. Desde então eu tenho tatuado, dia após dia e a Biologia tem influência direta no meu trabalho. Desde a fisiologia de pele e biossegurança, até cada floral que eu faço, cada inseto, cada ave.”


Mayra Fiori
Cidade: São Paulo
Instagram: mayrafioritattoo
Contato: (11) 94122-0493

Mayra Fiori tem 27 anos e é tatuadora há 8 anos. A artista desenha desde pequena e seu primeiro emprego foi em um estúdio de tatuagem! Após 2 anos como aprendiz, iniciou sua carreira com 18 anos. Tatua há 9 anos e consegue transitar dentro de seus estilos favoritos. Suas especialidades dentro do Blackwork são florais, botânica e também trabalha com realismo. “Claro que todas as ideias são bem vidas, pois cada tattoo é especial e para sempre. 🖤”


Gabe Motta
Cidade: Rio de Janeiro
Instagram: gabe.motta
Contato: [email protected]

Gabe Motta tem 23 anos e é tatuador há 5 anos. O artista iniciou sua trajetória sem nenhuma pretensão de se tornar tatuador: “Mas aqui estou, 5 anos desenhando na pele dos outros meu estilo artístico. Gosto de tatuagens Neotradicionais e Blackwork, coloridas ou em Preto e Branco. Cada tattoo é um desenho novo e completamente exclusivo, e essa parte do trabalho que deixa tudo diferente cada dia!”


Stephany Delatorre
Cidade: Flórida
instagram: sthefanytattoo
Contato: (954) 637-4016 

Stephany Delatorre atualmente está na Flórida, Estados Unidos e possui seu próprio estúdio. A artista produz artes em Blackwork e seu trabalho se destaca pelo florais, escritas e fineline.


CONTINUE NO BLOG…

Os mestres do Estilo Preto e Cinza
Inspiração de tatuagem de borboleta
Tatuagem e preconceito


Uau, você leu tudo! ❤
Compartilha o nosso texto, vai!

Quer mais inspirações de tattoo? Acesse nosso board só de Tattoos em Blackwork no Pinterest.

Ainda não achou o artista ideal? Você pode encontrar os melhores artistas perto de você, acesse o nosso site:

Tattoo2me.com

Avatar
Fernanda Moraeshttps://blog.tattoo2me.com
Editora no Tattoo2me Magazine. Mãe do Zion e Jornalista, às vezes. Cultura Periférica, Indústria Cultural e Tatuagem.

Mais desse autor

Mais Recentes

Instagram é a rede que mais causa depressão?

O que o Instagram tem a ver com depressão? Veja a resposta para essa pergunta e a solução nessa reportagem sobre nossa rede social queridinha: O Instagram!

Mandala: O que é e quais seus significados na tattoo?

Você sabe o que significa a tatuagem de mandala? Nós pesquisamos e vamos dividir com você o significado e muita inspiração!

A tatuagem no Brasil: do pré-colonial até os dias atuais

Um breve histórico sobre a tatuagem no Brasil do período pré-colonial até os dias atuais. Curiosidades que você não pode deixar de conhecer!

Publicidade

Mais Populares

Tatuagem e doação de sangue, tudo que você precisa saber.

Quem tem tatuagem pode doar sangue? Saiba tudo sobre a doação de sangue.

Como cuidar da cicatrização da tatuagem

Confira nossas dicas para garantir sua tatuagem perfeita.

30 tatuagens em homenagem as mães e filhos.

Aquela lista que você não pediu, mas fizemos para falar de amor incondicional: tatuagens em homenagem as mães e filhos!